Brasil recebe elite do judô europeu e sul-americano para campings no Rio e em Pindamonhangaba


Depois do longo período de afastamento em decorrência da pandemia de Covid-19, o Brasil voltou a ocupar uma posição de protagonismo na geografia dos treinamentos de campo internacionais de judô. A partir da próxima semana, o país recebe a partir desta terça (8) parte da elite do judô europeu e sul-americano para um período de intercâmbio técnico com a seleção brasileira em campings realizados pela Confederação Brasileira de Judô no Rio de Janeiro (RJ) e em Pindamonhangaba (SP). Aproximadamente, 160 atletas estarão envolvidos nas atividades que já têm, até o momento, confirmados judocas das seleções da França, Holanda, Bélgica, Portugal, Argentina, Paraguai e Brasil.

A maior parte se concentrará em Pindamonhangaba até o dia 18 de março. Entre os confirmados estão a seleção principal feminina completa da França com 16 atletas, entre as quais, as medalhistas olímpicas Amandine Buchard (52kg), Priscilla Gneto (57kg), Sarah Leonie-Cysique (57kg), Madeleine Malonga (78kg), Audrey Tcheumeo (78kg) e Romane Dicko (+78kg); 26 judocas do clube francês SGS Judo; oito judocas da seleção principal masculina da Holanda com os medalhistas mundiais Frank de Wit (81kg), Noel Van`t End (90kg), Michael Korrel (100kg) e Roy Meyer (+100kg); os belgas Jorre Verstraeten (60kg) e Abdul-Malik Umayev (81kg); a portuguesa Telma Monteiro (57kg); 12 atletas da Argentina e seis do Paraguai com suas jovens equipes.

Quase simultaneamente, no Rio de Janeiro, acontecerá um treinamento de campo específico para pesos pesados masculinos com a ilustre presença da lenda Teddy Riner, francês dono de dez títulos mundiais e três ouros olímpicos. Ele desembarcará na Cidade Maravilhosa na próxima quinta-feira, 10, e terá a companhia de diversos pesos pesados brasileiros, entre eles, Rafael Silva “Baby”. O camping será no Centro de Treinamento do Time Brasil (Maria Lenk) e vai até o dia 19 de março.

Para os treinadores da seleção brasileira de judô a retomada dos intercâmbios com grandes potências do judô mundial é uma grande oportunidade de aprimoramento técnico para os judocas brasileiros.

“Com a chegada da pandemia, talvez o Brasil tenha sido um dos maiores prejudicados com a falta de intercâmbios, de treinamentos de campo que havia antigamente pelo mundo a fora. Esses países da Europa têm uma forma própria de disputa de pegada e, principalmente, na finalização das projeções. É muito importante estarmos em contato com esses atletas, intensificarmos esses intercâmbios”, destaca o treinador da equipe masculina do Brasil, Antonio Carlos “Kiko” Pereira, que comandará os treinos masculinos em Pinda. “O Brasil tem uma imagem muito boa no judô mundial, então é natural que, neste momento de maior flexibilização da pandemia, os países comecem a procurar mais o Brasil como referência pela sua tradição, por seu grande número de medalhas olímpicas e, principalmente, também porque nós temos um estilo de judô que é bem diversificado”, completa.

Os treinos femininos serão comandados pela técnica da seleção brasileira, Sarah Menezes, que até bem pouco tempo atrás estava do outro lado e conhece bem os caminhos para um bom rendimento em uma atividade como essa.

“O Brasil está tendo a oportunidade de treinar com uma das maiores potências do judô feminino, como a França. Então, é para aproveitar ao máximo, pegar no quimono das adversárias, que são extremamente fortes, para fortalecer a mente, a mão, o físico, além de observar estrategicamente, taticamente, saber treinar com as meninas de fora e trabalhar de forma bem competitiva para que, na competição, não tenha nenhuma surpresa”, resumiu a campeã olímpica de Londres 2012.

O Brasil contará com sua força máxima nos dois treinamentos. A CBJ está investindo diretamente em 67 atletas, do Júnior ao Sênior, para participarem dos dois treinamentos. Foram convocadas todas as integrantes da seleção feminina e todos da masculina, além de uma equipe composta por judocas das equipes de transição (Sub-23 e Sub-21).

Para conferir a lista, clique aqui.

Postar um comentário

To Top