Ex-pilota da Formula Indy busca vaga no monobob para 2026

  Simona de Silvestro na frente de seu trenó


A pilota suíça Simona de Silvestro, ex-Formula Indy e Formula E, começou neste domingo (27) a busca por uma vaga olímpica em Milão/Cortina D'Ampezzo-2026. Participante de cinco 500 Milhas de Indianapolis, ela foi a quinta colocada no campeonato suíço da modalidade.


A pilota, agora atleta com aspirações olímpicas, disse em seu Instagram, que começou a pensar nos Jogos Olímpicos a alguns anos e devido a sua experiência no esporte a motor, o bobsled seria a escolha perfeita.


O esporte é conhecido como a "Formula 1 do gelo" devido a alta velocidade que os trenós alcançam durante a descida. Ela decidiu ir para as pistas de gelo no verão europeu de 2021 e começou a praticar em dezembro. 


Porém, ela não deixou as pistas de asfalto. Simona ainda fala nas corridas de carro e está aproveitando enquanto não começou a temporada nos veículos de quatro rodas. Atualmente, a pilota vem se dedicando aos carros GT (categorias de turismo) e provas de endurance (longa duração).


Caso ela classifique para os Jogos, ela repetirá a inglesa Divina Galica, ex-pilota de F1, que disputou quatro Jogos de Inverno no esqui alpino. Galica participou dos Jogos de 1964, 1968 e 1972 competindo e em 1992 esteve na demonstração do esqui de velocidade. Ela esteve na categoria rainha do esporte a motor em 1976 e 1978, em três corridas.


No geral, ela seria a terceira atleta do esporte a motor a participar do bobsled. Nos Jogos de Grenoble-1968, os pilotos Bob Said (USA) e Robin Widdows (GBR) disputaram a prova do 4-man, ambos ficando fora do pódio.


Foto: Reprodução/ Instagram/ Simona de Silvestro

Postar um comentário

To Top