Áustria vence a disputa por equipes mistas no esqui slalom paralelo

De colete vermelho, equipe austríaca se cumprimenta comemorando a vitória

A Áustria venceu neste sábado (19), domingo em Pequim, a disputa por equipes mistas do esqui slalom paralelo, após derrotar a Alemanha na final com ajuda dos critérios de desempate. A prova deveria ter sido realizado no início do sábado no Brasil, mas havia sido adiado por causa do vento.


A equipe formada por Stefan Brennsteiner, Katharina Truppe, Katharina Liensberger e Johannes Strolz ficou de bye nas oitavas de final, depois eliminou a Eslovênia nas quartas de final e despachou a Noruega para ir a disputa do ouro. 


Os alemães saíram na frente com Lena Duerr e os austríacos empataram com Brennsteiner. Com a queda da alemã Emma Aicher na terceira bateria, a Áustria foi com a vantagem para a última descida. 


Para ficar com o ouro, Alexander Schmid precisava vencer a bateria fazendo o percurso em menos de 23.68, mas acabou com o tempo de 23.87 e viu o time do país vizinho comemorar. 


Derrotada pela Áustria no desempate, que era a média dos tempos, a Noruega foi para a disputa de bronze contra os Estados Unidos, derrotados pela Alemanha por 3 a 1. 


Paula Motlzan venceu a primeira bateria para os Estados Unidos, mas Fabian Solheim e Thea Stjernesund viraram para a Noruega. Para ficar com o bronze, os norte-americanos precisavam vencer a última bateria com um tempo abaixo de 23.62. A vitória veio, mas o tempo foi de 24.04, deixando um dos destaques dos Jogos, Mikaela Shiffrin, sem medalha. 


A Suíça, time que conquistou o ouro em PyeongChang-2018, foi eliminada para a Alemanha nas quartas de final. 


Foto: Denis Balibouse/Reuters

Postar um comentário

To Top