Rafael Nadal passa por tie-break de 30 minutos e está nas quartas de final do Australian Open

De roxo, Nadal ergue o punho esquerdo em comemoração

Rafael Nadal superou neste domingo (23), um tie-break de 30 minutos e se garantiu nas quartas de final do Australian Open, em Melbourne. Apesar do resultado do primeiro set, o jogo se encaminhou tranquilo e ele eliminou o francês Adrian Mannarino pelo placar de 3 a 0.


Equilibrada, a primeira parcial passou o tempo inteiro empatado, até que chegou o game desempate. Nadal conseguiu chegar a um 6 a 4, mas levou o empate com um ace e uma paralela do francês. Pouco depois, foi a vez de Mannarino ficar na frente e ter um set point a favor, porém, a esperteza do espanhol em adivinhar onde ia a bola, colocou ele de volta no game.


Em um lance parecido, Nadal conseguiu fechar o primeiro set. Cansado e menos intenso, Mannarino começou a sofrer com a confiança e a agitação do espanhol, que quebrou serviço logo de cara. Com o set em 5/1, o francês pediu atendimento médico, ele voltou pouco depois e Nadal fechou o set em 6/2.

 


Sem conseguir voltar ao ritmo do primeiro set, Mannarino sofreu ainda mais com a exaustão física e perdeu o terceiro set também por 6/2. Na próxima fase, Nadal enfrenta o canadense Denis Shapovalov, que venceu o alemão número três do mundo, Alexander Zverev, por 3 a 0 (6/3, 7/6 e 6/3). Essa é a primeira vez do canadense nas quartas do Grand Slam australiano. 


O italiano Matteo Berretini venceu o espanhol Pablo Carreno Busta por 3 a 0 (7/5, 7/6 e 6/4) e enfrentará o francês Gael Monfils, que por sua vez, venceu o sérvio Miomir Kecmanovic por 3 a 0 (7/5, 7/6 e 6/3).


No feminino, Madison Keys (USA) garantiu sua volta as quartas de final após quatro anos, após vitória maiúscula sobre a espanhola Paula Badosa, número seis do mundo, por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/1.


Keys enfrentará a tcheca Barbora Krejickova, que eliminou Victoria Azarenka (BLR), com uma vitória por 2 a 0, fazendo duplo 6/2.


A número um do mundo, Ashleigh Barty (AUS), venceu Amanda Anisimova (USA) por 2 a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. Na próxima fase, ela enfrentará Jessica Pegula, também dos Estados Unidos. Nas oitavas de final, ela venceu a grega Maria Sakkari, número cinco do mundo, por 2 a 0 (7/6 e 6/3).


O torneio tem transmissão dos canais Espn 2 e 3 na televisão e do Star + no streaming.


Foto: Loren Elliott/ Reuters

Postar um comentário

To Top