Deon Lendore, medalha de bronze em Londres-2012, morre aos 29 anos em acidente de carro


O atleta de Trinidad e Tobago, Deon Lendore, morreu nesta terça (11) em acidente de carro no Texas, Estados Unidos. Deon foi bronze em Londres-2012 na prova do revezamento 4 x 400m, prova no qual foi prata no Mundial de 2015 na China e ouro no Mundial de revezamento em 2019 no Japão.


Ele tinha 29 anos e seu último grande evento foi os Jogos de Tóquio-2020, quando foi nono na semifinal dos 400m e oitavo no revezamento no 4 x 400m. 


Nascido em 28 de outubro de 1992, Lendore estreou na carreira internacional em 2009 no Mundial sub-18 de atletismo e dois anos depois já estava no Mundial adulto em Daegu. Em 2012, participou dos seus primeiros Jogos Olímpicos e conquistou logo de cara uma medalha, a única olímpica de sua carreira. 


Em 2015 fez parte do time medalhista de prata no Mundial de Pequim e no ano seguinte medalhou na prova individual e de revezamento dos 400, no Mundial Indoor realizado em Portland, nos Estados Unidos. 


Ele esteve ainda no Pan de Lima-2019, conquistando mais um bronze com o revezamento e em setembro de 2021, foi bronze nos 400 na etapa de Zurique da Diamond League. Lendore estava no Texas para treinar e trabalhar de forma voluntária como treinador assistente.


"Deon levou a bandeira do país com orgulho, honra, patriotismo e uma vontade inabalável durante sua carreira, ajudando e inspirando muitos. Nós manifestamos nossas mais profundas condolências à família, amigos, companheiros de equipe, treinadores, clubes, à sua comunidade de Arima e a todos que o tenham conhecido. Hoje é um dia triste para o esporte olímpico de Trinidad e Tobago", disse em nota o Comitê Olímpico de Trinidad e Tobago.


Foto: Lucy Nicholson/ Reuters



Postar um comentário

To Top