CBF anuncia criação de Supercopa feminina do Brasil


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta segunda (6), a criação da Supercopa feminina do Brasil, que será realizada a partir de 2022. O torneio contará com o atual campeão brasileiro Corinthians, e com Cruzeiro, Esmac (PA), Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras e Real Brasília. 


Participam os oito melhores times da Série A1 e os quatro melhores da Série A2, sendo limitado a presença de um time da elite por estado, exceto SP, que é a federação melhor ranqueada no ranking nacional de federações da CBF. O RB Bragantino, campeão da A2, não estará na competição. 


O campeonato acontecerá entre 6 e 13 de fevereiro, com fases quartas-de-final, semi e final, todas em partida única. Em caso de empate, a decisão irá para os pênaltis. O mando de campo será definido ou pelo ranking das federações, ou pelo ranking de clubes. Caso os times estejam empatados nos dois critérios, um sorteio definirá o mandante. 


Foto: Livia Villas Boas/Staff Images Woman/CBF

0 Comentários