Fundista queniana medalhista em mundiais é encontrada morta em sua casa - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Fundista queniana medalhista em mundiais é encontrada morta em sua casa

Compartilhe


A queniana Agnes Tirop foi encontrada morta, em casa, no condado de Elgeyo Marakwet County, no Quénia. Segundo o jornal britânico 'The Sun', a atleta, de 25 anos, foi esfaqueada na barriga.

A morte da atleta, que há poucos meses ficou a menos de um segundo da medalha de bronze na prova dos 5.000 metros nos Jogos Olímpicos de Tóquio, foi confirmada por Barnaba Korir, ex-atleta e responsável pelo departamento de formação da federação queniana de atletismo.

No twitter, o comitê olímpico do Quênia manifestou os pêsames pela morte de Tirop:
Agnes Tirop, que completaria 26 anos no dia 23 de outubro, tinha no currículo ainda duas medalhas de bronze conquistadas em Mundiais e ambas nos 10.000 metros, sendo uma em Londres 2017 e a outra em Doha 2019.

Foto: REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário