Ucraniano campeão olímpico diz que sofreu abuso racial no país após retornar do Japão - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ucraniano campeão olímpico diz que sofreu abuso racial no país após retornar do Japão

Compartilhe

O wrestler Zhan Beleniuk (UKR) disse nesta sexta-feira (13) que sofreu abuso racial após retornar dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em que conquistou o ouro na categoria até 87kg da greco-romana da modalidade.


O ucraniano foi o único atleta do país campeão olímpico em Tóquio, derrotando Viktor Lorincz (HUN) na decisão.


Beleniuk, de 30 anos, disse na sua página de Facebook que alguns jovens chegaram perto dele nas ruas de Kiev (UKR) e começaram a confrontar o atleta e a abusar dele com ofensas raciais. "Como um campeão olímpico pode se sentir seguro na sua cidade?", disse o wrestler.


   


Após a divulgação do ocorrido, o atleta teve diversas mensagens de apoio dos ucranianos. O presidente da federação de wrestling da Ucrânia, Oleksandr Pastukhov, disse que "Beleniuk é o nosso herói e isso é uma provocação!!!"


Beleniuk se elegeu deputado no país em 2019, se tornando o primeiro negro a assumir esse cargo no país.


Foto: REUTERES/Leah Millis


Nenhum comentário:

Postar um comentário