Revezamento 4x100 feminino do Brasil não avança para a final - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Revezamento 4x100 feminino do Brasil não avança para a final

Compartilhe

O Brasil está fora da final do revezamento 4x100m livre feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O quarteto brasileiro formado por Bruna Farias, Ana Cláudia Lemos, Vitória Rosa e Rosângela Santos ficou em quinto lugar na sua bateria semifinal e não avançou para a disputa de medalha.

As brasileiras correram na segunda semifinal. Bruna abriu e fez a passagem para Ana Cláudia Lemos. A equipe ficou na altura do sexto lugar até a segunda curva, com Vitória Rosa. No fim, Rosângela Santos fez uma boa corrida na reta final, brigando com a equipe da Polônia pelo quarto lugar, finalizando com 43.15, melhor marca do Brasil na temporada.

Foi uma prova realmente muito forte, conseguimos fazer as passagens, não pisamos na linha, que era uma preocupação muito grande do time. A gente deu nosso melhor, foi o melhor da temporada, talvez se a gente tivesse competido mais um pouquinho antes, não deu por causa da pandemia, infelizmente não conseguimos o time que estaria junto fazer uma competição. Mas saímos satisfeitas, claro que a gente queria estar na final, demos nosso melhor, mas não deu. - Rosângela Santos

Avançavam para a final, os três primeiros colocados de cada semifinal, além dos dois melhores revezamentos por tempo. O Brasil ficou em quinto lugar, mas não conseguiu alcançar os 42.81 da equipe dos Países Baixos. 

Na semifinal do Brasil, avançaram Alemanha (42.00), Suíça (42.05) e China (42.82). A outra bateria foi mais forte com vitória da Grã-Bretanha com 41.55, recorde nacional. Também se classificaram Estados Unidos (41.90) e Jamaica (42.15). França (42.68) e Países Baixos (42.81) passaram por tempo.

Foto de capa: Phil Noble/Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário