Por restrições da Covid-19, Samoa, Kiribati, Tonga e Vanuatu anunciam desistência dos Jogos Paralímpicos de Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Por restrições da Covid-19, Samoa, Kiribati, Tonga e Vanuatu anunciam desistência dos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Compartilhe


Mais baixas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Após o Afeganistão desistir da participação por conta da instabilidade do país pela volta dos Talibãs ao poder, agora foi a vez de quatro ilhas do Oceano Pacífico anunciarem a desistência do megaevento: Samoa, Kiribati, Tonga e Vanuatu. 


O motivo é a nova regra de restrição para entrada na Austrália, que pelo aumento de casos de covid-19 no país exige que estrangeiros fiquem 14 dias em quarentena em hotéis, algo que é financeiramente inviável para os comitê paralímpicos desses países.


"Eles teriam que ficar em quarentena por duas semanas antes de chegar. Ainda precisariam ficar em quarentena no caminho de volta, então efetivamente precisariam pagar por quatro semanas extras em um hotel. São pequenos Comitês Paralímpicos Nacionais e simplesmente não têm os recursos para fazer frente a essas despesas, infelizmente eles desistiram dos Jogos", explicou Craig Spencer, porta-voz do Comitê Paralímpico Internacional (IPC).


No último sábado (21), a Austrália superou seu recorde de casos de covid-19 em um único dia. Foram mais 916 novas infecções, superando os 754 contágios confirmados no país na última quinta (19). A lentidão na vacinação impôs o prolongamento da quarentena para estrangeiros.


Os quatro países iriam com delegações pequenas para Tóquio. Kiribati, Samoa e Vanuatu tinham dois atletas classificados enquanto Tonga só levaria uma atleta para os Jogos Paralímpicos. 


Foto: REUTERS/Kim Kyung-Hoon

Nenhum comentário:

Postar um comentário