Nove atletas fazem índice para Mundial de Piscina Curta no primeiro dia do Troféu José Finkel - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Nove atletas fazem índice para Mundial de Piscina Curta no primeiro dia do Troféu José Finkel

Compartilhe

Começou nesta terça-feira (10), o Campeonato Brasileiro Interclubes Absoluto de Natação – Troféu José Finkel. A competição, disputada em Bauru-SP, serve como seletiva para o Campeonato Mundial de Piscina Curta de 2021, que será realizado no mês de dezembro em Abu Dhabi (UAE).

A delegação brasileira no Mundial será composta por 20 nadadores. A convocação será preenchida pelos atletas melhores em relação aos tempos das finais do Mundial de 2018. Das 20 vagas, seis são reservadas para mulheres. Veja, abaixo, os resultados das finais desta terça-feira.

400m livre feminino
1. Gabrielle Roncatto - 4:04.35 - Flamengo
2. Nathalia Almeida - 4:04.66 - Flamengo
3. Maria Paula Heitemann - 4:07.50 - Minas

Gabrielle Roncatto e Nathalia Almeida nadaram abaixo do índice A da Federação Internacional de Natação (FINA) na final dos 400m livre. Gabrielle imprimiu um ritmo mais forte no começo da prova, enquanto Nathália foi crescendo ao longo da prova.

400m livre masculino
1. Fernando Scheffer - 3:40.63 - Minas
2. Guilherme Costa - 3:42.16 - Minas
3. Breno Correia - 3:42.71 - Pinheiros

Poucos dias após conquistar o bronze nos 200m livre nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Fernando Scheffer venceu os 400m livre no Troféu José Finkel. A prova foi forte com os seis primeiros colocados fazendo o índice A para o mundial. Mas como há um limite de dois nadadores por país em cada prova, apenas Scheffer e Guilherme Costa, o Cachorrão, são elegíveis para a convocação.

100m borboleta feminino
1. Giovanna Diamante 57.60 - Pinheiros
2. Luana Ribeiro 58.96 - Minas
3. Stephanie Balduccini 59.15 - Paineiras

Voltando dos Jogos Olímpicos, onde competiu no revezamento 4x100m medley misto, Giovanna Diamante foi a única atleta a nadar abaixo do índice que era de 58.22. Giovanna ficou apenas três décimos acima da sua melhor marca pessoal nos 100m borboleta.

100m borboleta masculino
1. Vinícius Lanza 50.42 - Minas
2. Leonardo Santos 50.52 - Pinheiros
3. Victor Baganha 50.87 - Minas

Seis atletas conseguiram marcas abaixo de 51.35 do índice A da FINA. Vinícius Lanza venceu com 50.42, tempo que o colocaria em 9º lugar no último Mundial. Leonardo Santos ficou em segundo lugar com marca que também o classificaria para a semifinal no Mundial de 2018.

100m peito feminino
1. Pâmella Souza 1:06.68 - Flamengo
2. Jhennifer Conceição 1:06.99 - Pinheiros
3. Julia Sebastian 1:07.09 - Minas
3. Ana Carolina Vieira 1:07.09 - Pinheiros

Nenhuma atleta fez o índice para o Mundial nos 100m peito feminino. Pâmella Souza venceu a prova com 1:06.88, sua melhor marca pessoal. Essa foi a primeira vez desde 2014 que Pâmella vence os 100m peito em Campeonatos Brasileiros.

100m peito masculino
1. Felipe Lima 56.60 - Pinheiros
2. Caio Pumputis 57.04 - Pinheiros
3. Felipe França 58.04 - Minas

Dobradinha do Pinheiros nos 100m peito masculino. Felipe Lima e Caio Pumputis ficaram em primeiro e segundo lugar respectivamente. Os dois atletas fizeram o índice para o Mundial de Piscina Curta e também as suas melhores marcas pessoais. 

Além das provas individuais, também foram realizados os revezamentos 4x100m livre masculino e feminino. O Pinheiros venceu as duas provas. Ana Carolina Vieira, Clarissa Rodrigues, Lorrane Ferreira e Giovanna Diamante fizeram parte da equipe feminina e Gabriel Santos, Marcelo Chierighini, Breno Correia e Pedro Spajari venceram no masculino.

4x100m livre feminino
1. Pinheiros 3:37.62
2. Minas 3:38.18
3. Flamengo 3:38.37

4x100m livre masculino
1. Pinheiros 3:09.13
2. Minas 3:09.35
3. Unisanta 3:12.97

Foto de capa - Jonne Roriz/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário