Japão surpreende a Rússia no 3º dia da VNL masculina; veja mais destaques - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Japão surpreende a Rússia no 3º dia da VNL masculina; veja mais destaques

Compartilhe



Neste domingo (30), a bolha montada em Rimini, na Itália, recebeu a terceira rodada da Liga das Nações Masculina de Vôlei (VNL). Em um dia com duelos acirrados e dois jogos sendo decididos no tie-break, o Japão surpreendeu ao vencer a Rússia, atual bicampeã da Liga das Nações, por 3 sets a 2 (28-26, 26-28, 20-25, 25-21 e 16-14), e segue invicto na competição.

O destaque dos nipônicos foi o oposto Issei Otake, que marcou 25 pontos e foi o maior pontuador do duelo. Já do lado russo, o experiente oposto Maxim Mikhaylov anotou 23 pontos e liderou sua equipe nesse quesito.


O resultado foi importante para mostrar a força da seleção japonesa, já que o país receberá os Jogos Olímpicos em sua capital, Tóquio, a partir de julho. O técnico do Japão, Philippe Blain, valorizou a vitória sobre uma seleção tão tradicional.

“Jogar contra grandes times como este nos permitiu ganhar uma experiência importante, especialmente antes dos Jogos Olímpicos", afirmou o treinador, de nacionalidade francesa, entrevista após o jogo. "Não viemos aqui com um objetivo específico de vencer. Queremos ter o máximo de experiência e vencer o máximo de partidas e curtir o vôlei, porque curtir o vôlei também é importante, e isso fizemos esta noite ”.

Com a vitória, os japoneses se juntam a Brasil e França no grupo dos únicos países que terminaram a primeira semana da competição invictos. Nesta terceira rodada, a seleção brasileira venceu o Canadá (leia mais sobre o jogo aqui), enquanto os franceses superaram a Austrália por 3 sets a 1 (28-26, 20-25, 25-14 e 25-23). O oposto Jean Patry liderou os Bleus com 17 pontos marcados.

Eslovênia também surpreende e bate a Polônia


Se o Japão mostrou sua força contra os russos, a Eslovênia foi outro país a surpreender no terceiro dia. Participando de sua primeira edição de Liga das Nações, os eslovenos venceram a Polônia, atual bicampeã mundial e que estava com seus principais jogadores em quadra. O placar foi de 3 sets a 1, com parciais de 25-22, 23-25, 25-19 e 25-23. O líder em pontuação da Eslovênia foi o oposto Stern, com 18 pontos.

Vice-campeã europeia, a Eslovênia venceu a forte equipe polonesa (Foto: Divulgação/FIVB)

Já a atual vice-campeã olímpica, Itália, conheceu sua terceira derrota em três partidas na VNL. Os donos da casa, que estão participando com um time alternativo, perderam para a Sérvia por 3 sets a 1 (25-23, 22-25, 25-22 e 25-18) e ocupam a última posição na tabela de classificação. Foi a segunda vitória dos sérvios no torneio.

Outros três jogos completaram a terceira rodada neste domingo. O Irã derrotou os Países Baixos por 3 sets a 0 e venceu a primeira partida na competição. Já a Alemanha teve uma partida complicada contra a Bulgária, mas cresceu no tie-break e fechou o jogo em 3 a 2. Por fim, os Estados Unidos venceram a Argentina por 3 sets a 1.


Agora, as seleções masculinas têm três dias de descanso durante o retorno do torneio feminino. Após a pausa, o Brasil volta às quadras contra a seleção da França, na quinta feira, dia 03, às 10 da manhã. Antes, nesta segunda-feira, as meninas do Brasil enfrentam o Japão, também às 10h da manhã.

Foto de capa: Reprodução/FIVB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário