Com conquistas de Guilherme Toldo e Ane Marcelle, Brasil chega a 199 atletas garantidos em Tóquio-2020; confira lista - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com conquistas de Guilherme Toldo e Ane Marcelle, Brasil chega a 199 atletas garantidos em Tóquio-2020; confira lista

Compartilhe
Augusto Bizzi/FIE

Depois das classificações do esgrimista Guilherme Toldo e da arqueira Ane Marcelle dos Santos, obtidas na última semana, o Brasil chegou a 199 atletas garantidos nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ao todo, são 23 modalidades, entre individuais e coletivas. Confira nesta lista reunida pelo Surto Olímpico todas as vagas oficializadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) até agora.


Mesmo tendo vencido o Pré-Olímpico das Américas, a classificação de Ane aparece com asterisco. Isto porque as vagas do tiro com arco são destinadas aos países, não aos atletas. Assim, caberá à CBTArco (confederação brasileira) definir quem irá a Tóquio. Toldo, por outro lado, tem sua participação assegurada, já que na esgrima as conquistas são nominais.


AJUDE O SURTO OLÍMPICO IR PARA TÓQUIO


Por enquanto, o esporte com mais representantes brasileiros é o futebol, com 36. As seleções masculina e feminina têm 18 atletas cada. Seguido de perto, está o handebol, que possui 28 esportistas garantidos (14 em cada naipe), enquanto o vôlei tem 24 (12 homens e 12 mulheres). Entre os esportes individuais, o atletismo é o que mais engorda a equipe brasileira, com 25 atletas.


Com os 199 esportistas, o Brasil está perto de ultrapassar os números de sua sexta maior delegação olímpica da história, quando levou 205 atletas a Sydney-2000. Este número deve ser tranquilamente batido, já que os índices obtidos na natação ainda não estão considerados, assim como os rankings do judô não foram fechados e ainda há diversos pré-olímpicos a serem disputados.


Vale lembrar que a maior delegação olímpica brasileira foi na última edição, na Rio-2016, com 465 atletas. Por ter sido país-sede, o Brasil obteve diversas vagas por exclusividade, o que serviu para inflar o número, que dificilmente será batido. Fora o Rio, a equipe com mais brasileiros foi vista em Pequim-2008, quando 277 esportistas foram até a capital chinesa.


Garantidos em Tóquio-2020 (199 vagas):

Atletismo (25 atletas):

Paulo André Camillo: 100m rasos

Aldemir Gomes Junior: 200m rasos

Gabriel Constantino: 110m c/barreiras

Eduardo de Deus: 110m c/barreiras (julho de 2019)

Alison dos Santos: 400m c/barreiras

Márcio Teles: 400m c/barreiras

Thiago Braz: salto com vara

Augusto Dutra: salto com vara

Alexsandro Melo: salto triplo

Almir Cunha dos Santos: salto triplo (julho de 2019)

Felipe dos Santos: decatlo

Darlan Romani: arremesso de peso

Paulo Roberto*: maratona

Daniel Chaves*: maratona

Caio Bonfim: marcha atlética 20km (maio de 2019)

Revezamento 4x100m masculino (outubro de 2019)

Revezamento 4x400m misto (setembro de 2019)

Vitória Rosa: 200m rasos

Andressa de Morais: lançamento de disco

Érica Sena: marcha atlética 20km (abril de 2019)

Os dois maratonistas brasileiros aguardam o fechamento do ranking para confirmar as vagas.


Canoagem slalom (2 atletas):

Ana Sátila: C1 e K1 feminino

Pepê Gonçalves: K1 masculino


Canoagem velocidade (2 atletas):

Isaquias Queiroz e Erlon Souza: C2 1.000m + C1 1.000m


Esgrima (2 atletas):

Guilherme Toldo: florete

Nathalie Moellhausen: espada


Futebol (36 atletas):

Equipe feminina (18)

Equipe masculina (18)


Ginástica artística (5 atletas):

Equipe masculina (4)

Flávia Saraiva: individual geral feminino


Handebol (28 atletas):

Equipe feminina (14)

Equipe masculina (14)


Hipismo (7 atletas):

Adestramento (1)

CCE, equipe (3)

Saltos, equipe (3)


Maratona aquática (1 atleta):

Ana Marcela Cunha: 10km


Natação (12 atletas):

4x100m livre masculino (4)

4x200m livre masculino (4)

4x100m medley masculino (4)


Pentatlo Moderno (1 atleta):

Iêda Guimarães: individual feminino


Remo (1 atleta):

Lucas Verthein: single skiff


Rugby sevens (12 atletas):

Equipe feminina

 

Surfe (4 atletas):

Gabriel Medina: masculino

Ítalo Ferreira: masculino

Silvana Lima: feminino

Tatiana Weston-Webb: feminino


Taekwondo (3 atletas):

Edival Marques, o Netinho: 68kg

Ícaro Miguel: 80kg

Milena Titoneli: 67kg


Tênis (1 atleta):

João Menezes*: simples masculino

Precisa estar entre os 300 do ranking mundial em junho para ratificar a vaga


Tênis de mesa (6 atletas):

Equipe feminina (3)

Equipe masculina (Hugo Calderano + 2)


Tiro com arco (2 atletas):

Individual masculino (1, conquistada por Marcus Vinicius D'Almeida)

Individual feminino (1, conquistada por Anne Marcelle dos Santos)


Tiro esportivo (1 atleta):

Felipe Wu: pistola de ar 10m


Vela (13 atletas):

Fernanda Oliveira/Ana Barbachan: 470 feminino (2)

Henrique Haddad/Bruno Benthlem: 470 masculino** (2)

Kahena Kunze/Martine Grael: 49er FX (2)

Gabriel Borges/Marco Grael: 49er (2)

Gabriela Nicolino/Samuel Albrecht: Nacra 17 (2)

Robert Scheidt: Laser (1)

Jorge Zarif: Finn (1)

Patrícia Freitas: RS:X feminino (1)

**Gustavo/Geison conquistaram a vaga olímpica, mas Henrique/Bruno foram os convocados segundo os critérios da CBVela


Vôlei (24 atletas):

Equipe feminina (12)

Equipe masculina (12)


Vôlei de praia (8 atletas):

Ágatha/Duda (2)

Ana Patrícia/Rebecca (2)

Alison/Álvaro Filho (2)

Bruno Schmidt/Evandro (2)


Wrestling (3 atletas):

Aline Silva: estilo livre até 76kg

Laís Nunes: estilo livre até 62kg

Eduard Soghomonyan: greco-romana até 130kg


Nenhum comentário:

Postar um comentário