Brasileiros sobem ao pódio em meeting de atletismo disputado na Argentina - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brasileiros sobem ao pódio em meeting de atletismo disputado na Argentina

Compartilhe



Nada menos do que 15 brasileiros subiram ao pódio do Grande Prêmio Sul-Americano Reynaldo Berto Gorno, disputado na tarde da sexta-feira (26), na cidade de Concepción del Uruguay, na Província de Entre Ríos, na Argentina. 

O destaque foi Welington Morais, o Maranhão, que obteve a segunda melhor marca da história do Brasil no arremesso do peso, com 20,28 m, ficando atrás somente de Darlan Romani, recordista sul-americano, com 22,61 m. O pódio foi todo brasileiro. Willian Braido ficou em segundo lugar, com 19,38 m, seguido de William Dourado, com 19,15 m.

No salto com vara, Augusto Dutra e Abel Curtinove ficaram com a prata (5,40 m) e o bronze (5,15 m). A vitória foi do argentino Germán Chiaraviglio, com 5,60 m.

O Brasil conseguiu duas medalhas também nos 400 m. Anderson Henriques e Pedro Burmann ficaram com a segunda (46.13) e terceira colocações (47.54), respectivamente. O campeão foi o argentino Elián Larregina, com 45.87, novo recorde nacional.

No salto triplo, Mateus Daniel de Sá e Jean Cassemiro Rosa também conseguiram prata e bronze. Mateus saltou 16,02 m (0.5) e Jean, 15,91 m (0.0). O argentino Maximiliano Dias, campeão do GP Brasil de 2020, venceu com 16,15 m (0.3).

No lançamento do disco, Izabela Rodrigues ganhou a segunda medalha de ouro do Brasil, com 54,22 m.

Também subiram ao pódio: prata - Marcio Teles, nos 400 m com barreiras, 52.09, Lucas Vilar, nos 100 m, com 10.62 (-0.8), Guilherne Kurtz, 1.500 m, 3:40.78, Mariana Grasielly, no lançamento do martelo, 64,05 m, e bronze - Mayara Leite, nos 400 m, 55.72.

Foto: Wagner Carmo/CBAt

Nenhum comentário:

Postar um comentário