Após Pré-Olímpico, a Lagoa Rodrigo de Freitas recebe o Sul-Americano de Remo - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Após Pré-Olímpico, a Lagoa Rodrigo de Freitas recebe o Sul-Americano de Remo

Compartilhe



Depois da Regata de Qualificação Continental Pré-Olímpica das Américas é a vez do Campeonato Sul-Americano de Remo na terça (9) e quarta (10), que acontecerá na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro..

A seleção brasileira entra completa. No Pré-Olímpico estiveram apenas seis atletas em quatro categorias, e para o sul-americano, a equipe contará com 50 competidores.

Serão 21 provas nas categorias masculina e feminina disputadas por seis países: Brasil, Uruguai, Paraguai, Panamá, Equador e Perú. As maiores embarcações com quatro e oito remadores estarão presentes no evento.

As classes individuais, skiff masculino e feminino (M1x e W1x, respectivamente), bem como as duplas de peso leve (LM2x e LW2x) ficaram de fora. Os vencedores do Pré-Olímpico da semana passada automaticamente se consagraram campeões da América do Sul. Levaram duas medalhas pela mesma competição.

Desta vez as disputas estarão entre as duplas de peso pesado (também conhecida como classe aberta) que engloba todos os atletas com peso superior ao da categoria leve, que tem limite de 59 kg para mulheres e 72,5 kg para homens; além das provas com quatro e oito remadores, com e sem timoneiro.

O Campeonato Sul-Americano, inicialmente, seria disputado no final de semana, dias 13 e 14/03 como é habitual no calendário desportivo, mas em função da pandemia da Covid-19, inclusive antes do Pré-Olímpico, o Comitê Organizador e a Confederação Sul-Americana de Remo decidiram adiantar as datas para que as delegações estrangeiras possam regressar aos seus destinos o quanto antes, pelos riscos de fechamento de aeroportos e fronteiras.

As competições acontecerão das 09:00 às 11:45 no Estádio de Remo da Lagoa, sem presença de público. Os seis atletas que participaram do Pré-Olímpico: Lucas Verthein, Beatriz Cardoso, Vanessa Cozzi, Isabelle Falck, Emanuel Borges e Evaldo Becker também estarão nas composições dos barcos de duplas, quatro e/ou oito.

Na quarta-feira haverá uma prova extra, incluída a pedido do Brasil: a de Oito Feminino, que é significativa para o desenvolvimento da categoria no continente. Na última edição do Sul-Americano o Brasil ficou na quarta colocação no quadro geral com 16 medalhas, oito de prata e oito de bronze. O campeão foi o Chile que não participa desta vez.

Foto: Divulgação/Remo Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário