Maratonista Daniel Chaves treina na altitude do México para os Jogos Olímpicos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Maratonista Daniel Chaves treina na altitude do México para os Jogos Olímpicos

Compartilhe




O maratonista Daniel Chaves da Silva, qualificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio, entra na próxima semana numa fase importante de preparação. Depois de um longo período na zona rural de Brasília e de algumas semanas na Fazenda Boa Vista, em Porto Feliz (SP), ele segue para treinamentos no exterior.


Ele vai fazer um camping de altitude em Mascota, na região de Guadalajara, no México, de terça-feira (23/2) a 22 de março. Em seguida, com apoio da Confederação Brasileira de Atletismo passará de 23 de março a 13 de abril, em Madri, na Espanha. O objetivo é correr a Maratona de Hamburgo, na Alemanha, no dia 11 de abril.


“Fui convidado para representar o Brasil na prova, que este ano reunirá apenas 100 atletas por causa do novo coronavírus. Estou fazendo uma boa preparação e espero um bom resultado”, disse Daniel, nascido a 10 de julho de 1988, em Petrópolis, Rio de Janeiro. “Cumpri bem a primeira fase de treinamento em Brasília. Na pandemia meu corpo tem melhorado de certa forma. Não notei nenhum déficit.”


Daniel obteve o índice olímpico no dia 28 de abril de 2019 ao terminar em 15º lugar na Maratona de Londres, com 2:11:10. Orientado por Adauto Domingues, atleta olímpico dos 3.000 m com obstáculos, desde o ano passado, ele ficou sem opções de competir em 2020 por causa do cancelamento de provas em todo o mundo.


“Normalmente nós fazemos treinos em altitude na Colômbia, mas agora o país não aceita voos do Brasil para lá por causa da novo variante da doença e escolhi o México. Vão ser quatro semanas bem importantes”, comentou. “O período em Madri será uma espécie de quarentena para poder competir na Alemanha.”


Na Fazenda Boa Vista, um condomínio de luxo, ele tem treinado com tranquilidade numa grande área verde a convite do empresário Alexandre Birman.


O outro maratonista qualificado para a Olimpíada é o paulista Paulo Roberto de Almeida Paula, que está na cidade do Porto, em Portugal. “Está tudo fechado onde o Paulo mora por causa do lockdown imposto pelo governo, mas ele tem podido treinar”, disse Luís Fernando de Almeida Paula, irmão gêmeo e treinador de Paulo Roberto. “Tivemos de reduzir o treino para cerca de 60%, mas ele está bem e esperando acertar a participação em alguma maratona para tentar melhorar sua marca e ganhar ritmo para a Olimpíada.”


O atleta conseguiu o índice olímpico no dia 23 de fevereiro de 2020, quando completou a Maratona de Sevilha, na Espanha, em 2:10:08, recorde pessoal.


Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário