Velejador Robert Scheidt entra no último dia do Portugal Grand Prix brigando pelo pódio





Robert Scheidt entra no último dia do Portugal Grand Prix – round 1, no sábado (12), com grandes chances de garantir um lugar no pódio na classe Laser. Com o 3° e o 8° lugares nas regatas desta sexta-feira (11), em Vilamoura (POR), o bicampeão olímpico manteve a terceira posição na classificação geral, com 28 pontos perdidos, abrindo vantagem de 15 pontos para o quarto colocado, o polonês Kuba Rodziewicz, que tem 43. 


A liderança segue com o francês Jean Baptist Bernaz (15pp), seguido pelo norueguês Hermann Tomasgaard (17), vencedor das duas provas do dia.


“Velejei bem na primeira regata. Cheguei a estar em segundo, mas o Jean Baptist me ultrapassou no final. Para a segunda prova, o vento aumentou, indo para 25 nós, com ondas grandes e condições duras. Infelizmente, não larguei bem. Montei a primeira bóia em 15° e ainda consegui fazer uma boa recuperação para cruzar em oitavo. O norueguês e o francês realmente estão velejando com muita velocidade e abriram um pouco em pontos. Em compensação, também aumentei a diferença em relação ao quarto colocado. Somando tudo, foi um bom dia. Amanhã (sábado,12) teremos as regatas finais e seguimos na luta pelo pódio”, avaliou o atleta.


Scheidt tem conseguido manter a regularidade em Vilamoura, construindo uma boa média de pontos ao velejar no top 10 em cinco de seis regatas. Fez um 6° lugar na estreia, obtendo, na segundo dia, mais um 5° e um 6° lugares. O único resultado destoante foi o 16° na segunda prova do programa, que entrou como descarte para o brasileiro. Se mantiver a boa média neste sábado, o pódio está garantido em Portugal.


Foto: João Costa Ferreira

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem