Com sede na China, Mundial Indoor de Atletismo de 2021 é adiado para março de 2023


O Campeonato Mundial Indoor de Atletismo sofreu novo adiamento por conta da pandemia do coronavírus. Com sede em Nanjing, na China, a competição estava programada para março de 2021 e foi alterada para março de 2023, sob a justificativa da situação incerteza gerada pela Covid-19 para o início do próximo ano. O anúncio foi feito pela World Athletics na manhã desta quinta-feira (10).


Esta é a segunda vez que o Mundial sofre mudanças em seu cronograma. Originalmente marcado para março deste ano, o evento foi uma das primeiras competições esportivas a mudar de datas por conta da crise sanitária, ainda em janeiro, quando a Covid-19 ainda nem havia recebido a nomenclatura de "pandemia". Desta vez, o campeonato foi adiado em dois anos para não gerar conflitos com o Mundial Indoor de Belgrado, na Sérvia, que já está programado para ocorrer em 2022.


De acordo com comunicado emitido pela World Athletics, a decisão de alterar a competição pela segunda vez foi tomada em conjunto com organizadores chineses e a Associação de Atletismo da China após excessivas discussões. "Ainda há uma incerteza significativa sobre o estado da pandemia Covid-19 no início de 2021", diz a nota.


Apesar do adiamento de sua principal competição em estádio coberto na temporada, a entidade informou que os atletas terão um calendário com diversas opções para competir durante o primeiro bimestre do próximo ano. O circuito do World Indoor Tour, por exemplo, reunirá 26 eventos, realizados em 12 países, entre Europa e América do Norte.


Surte + Relembre: Armand Duplantis bateu o recorde mundial do salto com vara na temporada indoor de 2020


Foto de capa: Divulgação/Birminghan 2018


Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem