Vila olímpica dos Jogos de Tóquio poderão ter centro médico focado na detecção do coronavírus

 


Preocupados com possíveis casos de coronavírus durante as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio, os organizadores do evento estão considerando instalar um centro médico na Vila Olímpica, exclusivo para tratar competidores e membros de comissões técnicas que estejam com suspeitas da doença, além de garantir a realização de testes para sua detecção.


O plano será discutido em uma reunião no final de outubro entre o governo do Japão, de Tóquio e o comitê organizador dos Jogos Olímpicos, de acordo com informações divulgadas pela agência de notícias japonesa Kyodo News. 


Durante uma conferência realizada no início deste mês no gabinete do primeiro-ministro, os organizadores discutiram medidas para prevenir a propagação do vírus nos restaurantes do local e outras instalações que serão compartilhadas entre os atletas durante os Jogos. 


Além disso, um painel liderado pelo vice-chefe do gabinete, Kazuhiro Sugita, foi lançado no início de setembro para formular medidas contra o coronavírus. Ele planeja apresentar um relatório provisório possivelmente até o final do ano, depois de realizar outras duas reuniões.


Foto: Reprodução/Kyodo News

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem