Seis levantadores de peso russos são banidos por doping após análise de dados do Laboratório de Moscou - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Seis levantadores de peso russos são banidos por doping após análise de dados do Laboratório de Moscou

Compartilhe

O Laboratório Antidoping de Moscou, capital da Rússia, segue sendo alvo de análises em seu banco de dados. E desta vez seis levantadores de peso russos foram banidos por causa de testes positivos para doping, que foram acobertados. Entre eles está o medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, Ruslan Albegov. 

Além de Albegov, os outros casos de doping incluíram a ex-campeã mundial Tima Turieva e o até então já banido Dmitry Lapikov, que já havia conquistado uma medalha de bronze durante as Olimpíadas de Pequim em 2008. Também foram banidos Egor Klimonov, Yulia Konovalova e Maxim Sheyko.

Todos foram banidos por quatro anos, com exceção de Sheyko, que recebeu uma punição de seis anos, além de Lapikov, que foi banido por oito. O início das proibições foram datadas entre 2017 e 2018, o que demonstra o longo processo de investigação.

De acordo com a Federação Internacional de Levantamento de Peso (IWF) os seis atletas russos foram considerado culpados por um painel disciplinar que baseou sua sentença em uma investigação realizada no banco de dados recuperado do laboratório. 

A Agência Mundial Antidopagem (WADA) analisou o vasto arquivo de dados para identificar casos em que o doping foi encoberto na Rússia em anos anteriores. 


Segundo a IWF, outros três levantadores de peso da Rússia foram suspensos provisoriamente, até que mais partes da investigação sejam concluídas: Feliks Khalibekov, medalhista de prata europeu, Aleksey Emelyanenko e Arsen Boraganov.

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário