Dallas Stars precisam de duas prorrogações, mas derroram TB Lightning e seguem vivos nas finais da Stanley Cup - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Dallas Stars precisam de duas prorrogações, mas derroram TB Lightning e seguem vivos nas finais da Stanley Cup

Compartilhe

 


O Dallas Stars precisou de duas prorrogações, muita pressão e paciência para vencer o Tampa Bay Lightning no jogo 5 das finais da Stanley Cup. Com o placar de 3 a 2 na partida, a franquia texana diminuiu a vantagem para o rival na série final da Stanley Cup (3-2 para o Lightning) e segue mantendo vivo o sonho de conquistar o título da National Hockey League (NHL). 


Os Stars começaram tiveram um início de jogo mais forte. No entanto a partida ficou equilibrada na medida que o primeiro tempo avançava. Até que aos 17:52, Corey Perry abriu o placar para os Stars, aproveitando um erro da defesa adversária. Ele recuperou o disco com muita agilidade entre dois jogadores e fez o remate para o fundo do gol.

 

Mas o Lightning tomou as rédeas do jogo no segundo tempo e aos 4:37, após o passe de Nikita Kucherov, Ondrej Palat marcou um belo gol ao sair da marcação de três defensores adversários além de driblar o goleiro e mandar o disco para o fundo da rede, empatando a partida. 





Com a assitência cedida no primeiro gol do Lightning, Kucherov entrou na seleta lista de jogadores que alcançaram a marca de mais de 26 assistências num playoff. Estão neste grupo Mario Lemieux e Wayne Gretzky, que repetiu o feito outras três vezes. 


O terceiro tempo parecia tranquilo para o Lightning, principalmente após o segundo gol da franquia, vindo de um grande disparo efetuado por Mikhail Sergachev, aos 3:38. Mas na segunda metade do último período, os Stars continuarem buscando oportunidades para criar jogadas ofensivas, adotando uma postura adequada para quem precisava empatar o jogo. 


A estratégia deu certo e aos 13:15, Joe Pavelski aproveitou um rebote e frente a frente com o goleiro, mandou o disco para o gol, empatando a partida. 


Já na prorrogação, tudo levava a crer que o Lightning chegaria ao gol. Foi tanta pressão que os Stars ficaram cerca de 18 minutos sem conseguir efetuar uma finalização. Porém o empate não saia do placar. Os times precisaram de mais uma prorrogação de 20 minutos. 


E aos 9:23, Corey Perry marcou seu segundo gol no jogo, aproveitando um rebote, para salvar as pretenções de título e manter o Dallas Stars vivo na briga pelo título da NHL, fechando o placar em 3 a 2. 


A série vai agora para o jogo 6, que será realizado na próxima segunda-feira (28). A ESPN transmite a partida a partir das 21h. 


Foto: Jason Franson/The Canadian Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário