Coronavírus: World Sailing cancela primeira edição do Mundial da classe Offshore - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Coronavírus: World Sailing cancela primeira edição do Mundial da classe Offshore

Compartilhe


A World Sailing, entidade que regulamenta as disputas de vela mundialmente, determinou o cancelamento da primeira edição do Mundial da classe Offshore devido à pandemia de COVID-19. 

O evento ocorreria em Valetta, capital de Malta, entre os dias 17 e 20 de outubro e seria realizado paralelamente à Middle Sea Race, tradicional regata no Mar Mediterrâneo.

“As muitas incertezas criadas pela pandemia de COVID-19 forçaram o adiamento da produção e da distribuição de barcos em toda a Europa e interromperam a capacidade das Autoridades Nacionais Membros (MNAs) de realizarem eventos de qualificação”, declarou a World Sailing em um comunicado na última quarta-feira (20). “À luz dessas circunstâncias difíceis, o Conselho de Administração da World Sailing decidiu que é prudente e mais justo cancelar a edição 2020 do Mundial de Offshore”.

A entidade garantiu a realização do torneio em 2021. Enquanto isso, os preparativos para a Middle Sea Race continuam, com os organizadores monitorando o desenvolvimento da doença pelo mundo e seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde e do Governo de Malta.

A classe offshore mista, que envolve dois velejadores, entrará no programa olímpico nos Jogos de Paris, substituindo a Finn masculina. Assim, a tendência é que haja o mesmo número de categorias para os dois gêneros nas Olimpíadas de 2024. Os eventos de vela ocorrerão em Marselha, a 775km da capital francesa.

Além do Mundial de Offshore, a World Sailing já havia anunciado o cancelamento do Mundial Juvenil de Vela, que ocorreria em dezembro em Salvador.

Foto: Reprodução/World Sailing

Nenhum comentário:

Postar um comentário