Ídolos do Japão iniciam revezamento da Tocha Olímpica na Grécia - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ídolos do Japão iniciam revezamento da Tocha Olímpica na Grécia

Compartilhe

Os medalhistas de ouro olímpicos japoneses Mizuki Noguchi (maratona), Tadahiro Nomura (judô) e Saori Yoshida (luta livre) serão os primeiros a carregarem a Tocha Olímpica nos oito dias iniciais do revezamento da Tocha, na Grécia no mês de março de 2020.

Noguchi será a primeira japonesa a carregar o símbolo dos Jogos após receber a chama olímpico de cidadão grego durante a cerimônia de iluminação em Olímpia, berço das Olimpíadas em 12 de março. A ex-maratonista foi prata no Mundial de Atletismo Paris 2003 e conquistou o ouro em Atenas 2004. Nomura é o único judoca tricampeão olímpico, levando o uro na categoria até 60kg em Atlanta 1996, Sidney 2000 e Atenas 2004.

O lutadora estilo-livre Yoshida também é tricampeã olímpica (Atenas 2004, Pequim 2008 e Londres 2012), além de levar 13 título mundial na categoria entre 53k e 58kg. Aposentou-se após os Jogos Rio 2016, quando ficou com a prata após perder para a estadunidense Helen Maroulis. Ao longo de sua carreira, a esportista perdeu apenas três confrontos.

Outros atletas, além dos esportistas da nação anfitriã, já carregaram a Chama Olímpica em Olímpia, como o jogador de futebol sul-coreano Park Ji-sung, o ex-jogador de vôlei Giovane Gavio, medalhista de ouro com a seleção brasileira em Atenas 2004 e o jogador de hóquei de gelo russo Alex Ovechkin.

A Chama Olímpica ficará oito dias na Grécia antes de partir para uma jornada de 121 pelo Japão. Na terra do sol nascentes, o revezamento começará na Prefeitura de Fukushima, atingida pelo tsunami em 2011, e encerrará seu percurso na Cerimônia de Abertura de 24 de julho no Estádio Olímpico de Tóquio.

Foto: Yannis Behrakis/ Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário