Governo do México acusa comitê Olímpico do país de chantagem


O Ministro dos Esportes do México, Alfredo Castillo, disse que o Comitê Olímpico do país está apelando para chantagens em razão de uma possível interferência no próprio comitê e nas federações esportivas do país.

O presidente do comitê Olímpico, Carlos Padilla, chegou a afirmar que o país poderia ficar de fora dos Jogos Olímpicos de 2016 em virtude dessas interferências.

Em resposta a Padilla, Castillo disse que: "Eles estão apelando para chantagem."

"O que está em jogo não são os Jogos Olímpicos, mas o futuro do esporte no país e os mercenários só podem recorrer a chantagem."

"Não daremos dinheiro sobre pressão."

"A Carta Olímpica foi a melhor invenção para evitar o controle de recursos públicos e avaliação de resultados", completou o Ministro.

O COI (Comitê Olímpico Internacional) não tolera intervenções de governos nos comitês nacionais e recentemente suspendeu o Kuwait por problema semelhante.

Foto: Comitê Olímpico Mexicano
Com informações de: Inside the Games

0 Comentários