Brasil derrota Argentina e se classifica para a final do Pan-Americano de Handebol feminino - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil derrota Argentina e se classifica para a final do Pan-Americano de Handebol feminino

Compartilhe

O Brasil não teve dificuldades e derrotou na quainta-feira (27) a Argentina por 26-15 (16-5 no primeiro tempo), garantindo vaga para a final do Campeonato Pan-Americano de Handebol Feminino, que acontece em Havana, Cuba.

A Seleção não deu chances para a Argentina no primeiro tempo. Com a defesa impecável, o Brasil abriu 4 a 0 no placar em seis minutos de jogo, com destaque para os contra-ataques puxados pela central Francielle e para as defesas da goleira Jéssica Oliveira, que pegou praticamente todos os arremessos das argentinas no começo do jogo e terminou a partida com 57% de aproveitamento no gol. No ataque, a armadora esquerda Jaqueline Anastácio, inspirada, foi bem nos arremessos da linha de nove metros, ajudando a equipe a aumentar a diferença no placar para 12 a 1, em 17 minutos. Sem deixar o ritmo cair, o primeiro tempo terminou em 16 a 5 para o Brasil.

Na segunda etapa, a Argentina foi com tudo para buscar uma virada heroica, mas não teve força suficiente para penetrar a forte defesa brasileira, que continuava bloqueando o ataque argentino. Mesmo fazendo muitas trocas para rodar o time, a Seleção continuou com o bom ritmo e manteve os 11 gols de diferença, fechando o jogo em 26 a 15.

Para o técnico do Brasil, o dinamarquês Morten Soubak, a equipe fez a melhor partida dentro do Pan-Americano de Havana. "Estou muito feliz por transformar nosso estilo em quadra. Conseguimos defender muito bem no primeiro tempo e a Jéssica foi excelente no gol. Infelizmente o time não manteve o mesmo ritmo no segundo tempo, mas estamos felizes pelo jogo e por estarmos na final. Na hora do mata-mata, temos jogadoras experientes que fazem a diferença", declarou.

Para a armadora esquerda Jaqueline Anastácio, artilheira da partida com seis gols, a equipe evoluiu no momento certo. "Fomos aumentando o nível a cada jogo. Nossa meta era, quando encontrarmos um time mais forte, entrar mais concentradas e minimizar os erros. Mostramos o que o brasileiro tem de melhor, que é garra e determinação, e fizemos ótima partida. A motivação e vibração das meninas também me deram confiança para entrar bem no jogo", disse ela, destacando a tática montada pelo treinador. "Antes do confronto ele alertou que a defesa delas ficava muito atrás e disse para eu usar o que tinha de melhor, que é o arremesso de longa distância. Fico feliz por ter ajudado a equipe a se classificar para a final", finalizou.

Com a vitória, o Brasil enfrentará Cuba que derrotou Porto Rico por 32-26 na outra semifinal, na final do Campeonato Pan-Americano de Handebol, que será disputada nesta quinta-feira (28), às 20h (horário de Brasília), na Sala Polivalente Kid Chocolate, em Havana.

Foto: Photo & Grafia

Nenhum comentário:

Postar um comentário