COI pode flexibilizar proibição de propaganda feita por atletas durante os Jogos Olímpicos


A proposta de flexibilizar a propaganda feita por atletas durante os Jogos Olímpicos foi destaque do primeiro dia da reunião da Mesa Diretora do COI (Comitê Olímpico Internacional), no Rio de Janeiro.

Atualmente, de acordo com a regra 40 da Carta Olímpica, os atletas, treinadores, ou qualquer dirigente esteja participando dos Jogos Olímpicos são proibidos de fazer qualquer propaganda durante os Jogos Olímpicos.

De acordo com o porta-voz, Mark Adams, o COI poderá permitir que atletas façam propaganda genérica, desde que não se refiram aos Jogos Olímpicos.

Outro assunto foi o lucro dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, que ficou em 53 milhões de dólares. Desse total, 10 milhões vão para o Comitê Olímpico da Rússia, para o desenvolvimento Olímpico do esporte no país  o canal Olímpico de TV e o Museu Olímpico na Rússia.


Foto: COI
Fontes: Reuters e COI

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top