Coluna Lance Livre: Jordan,50 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias






Sim, sei que este é o fim de semana do all star game da NBA, onde temos uma grande festa e um grande show de enterradas, ponte aéreas e afins, mas queria falar de outro assunto. Michael Jordan, um dos maiores jogadores da história do Basquete completa 50 anos nesse domingo, dia 17. Jordan, que fez história na NBA levando o Chicago Bulls à seis títulos da NBA, também teve uma bela história olímpica, com 2 medalhas de ouro, nos jogos de Los Angeles e Barcelona. E é isso que vou contar aqui:

1984 Los Angeles

O time universitário americano vinha para mais uma Olimpíada, depois do boicote dos jogos em Moscou, os Jogos seriam em Los Angeles, que teve o boicote do soviéticos, o que deixou a tarefa da conquista da medalha de ouro mais tranquila. E o time americano tinha bons valores, como Sam Perkins, Chris Mullin, Pat Ewing e Fenômeno da Carolina do Norte, Michael Jordan, que jogava às vezes de ala, em vez de sua posição clássica de ala armador.. Na sua estreia, contra China, Jordan marcou 14 pontos na tranquila vitória por 97 a 49; no segundo jogo, Jordan foi o cestinha do jogo com 20 pontos, na vitória dos americanos de 89 a 68 em cima dos canadenses. Contra o Uruguai, Jordan fez 16 pontos na vitória de 104 a 68. Jordan também fez 16 pontos contra a França; e contra a Espanha, Jordan fez 24 pontos, sua maior marca em jogos olímpicos;

Nas quartas de final, o jogo mais difícil contra os alemães, com 14 pontos feitos por Jordan na vitória por 78 a 67.Na semi final contra o Canadá, 13 pontos, sua menor marca nos jogos, na vitória por 78 a 59. E na final,  Jordan comandou os Estados unidos com 20 pontos na vitória contra a Espanha por 96 a 65. Jordan foi considerado o melhor jogador daquele time, sendo o cestinha da equipe com média de 17 pontos por jogo e equipe vencia as equipes com uma média incrível de 32 pontos de diferença. Só perdia para o Dream Team de 1992 e a seleção americana dos jogos de Roma em 1960.. Agora era só pintar na NBA, o que ele fez após ganhar a sua medalha de ouro.


Barcelona 1992

Os profissionais estavam liberados para atuar na competição de basquete e os Estados Unidos, depois de perder terreno nos jogos Panamericanos, Olímpicos e mundiais, resolveu mandar o que tem de melhor para os jogos de Barcelona. Com isso, craques da NBA como Magic Johnson, Larry Bird e Michael Jordan atuariam juntos e assombrariam o mundo com jogadas espetaculares. Na estreia contra Angola, Jordan fez apenas 10 pontos, mas fez incríveis 8 roubadas de bola no placar de 116 a 48. Contra a Croácia, Jordan faz 21 pontos e é o cestinha do jogo, que terminou 103 a 70 para os americanos. Jordan fez um double double contra a Alemanha; 15 pontos e 12 assistências na vitória de 111 a 68. Mais 15 pontos de Jordan contra o Brasil, na vitória de 127 a 83. Contra os espanhóis, Jordan marca 'apenas' 11 pontos.

Nas quartas de final, Jordan faz sua menor pontuação em jogos olímpicos, 4 pontos apenas na vitória em cima de Porto Rico por 115 a 77. Mas contra a Lituânia, Jordan faz 21 pontos comandando a vitória por 127 a 76. E na final, contra a Croácia, Jordan mais uma vez desequilibra com 22 pontos. Esse time do Dream team entrou pra história, assim como Jordan, Ewing e Mullin, que conquistaram a segunda medalha de ouro.Jordan não foi o cestinha americano (Barkley é que foi) mas Jordan foi o líder em roubadas de bola, com 37.


Jordan terminou sua participação olímpica com 257 pontos, média de 16.1 pontos por jogo. E abrilhantou tanto como universitário e como profissional, os jogos olímpicos imortalizando o número 9.

Parábens, Jordan!




Shotclock

- E o All Star Game é nesse final de semana e é divertido, se você quiser ver acrobacias. Esse jogo é uma grande diversão para os craques da NBA. Só gostaria que eles participassem mais dos campeonatos de enterradas e de 3 pontos.

- Uma pena essa contusão do Leandrinho justamente quando ele ganhava mais minutos com Doc Rivers. Informações dizem que os Celtics querem renovar o contrato com o Leandrinho, o que seria uma boa notícia para ele.

- E o NBB volta e pergunta fica: Quem vai vencer o Flamengo?

- Por falar em Flamengo, nosso camarada Marquinhos, cestinha do NBB, está sorteando uma camisa oficial do Flamengo em sua página do Facebook. Quer saber como? Acessa lá e saiba o que tem fazer: https://www.facebook.com/marquinhosbasquete
´

E por falar em NBB, já começou a votação para escolha do quinteto titular do Jogo das estrelas do NBB. O link é este aqui http://jogodasestrelas.lnb.com.br/votacao/  Já disse o meu na coluna passada, mas digo de novo: Fulvio, Alex, Marquinhos, Giovanoni e Olivinha no Brasil e  Kojo, Day, Holloway, Toyloy e Agba (eu queria por o Simmons no lugar do Agba, mas não pode...) E você, qual seleção vai escalar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário