Tóquio admite derrota e abre mão das provas de maratona e marcha atlética para os Jogos de 2020


A prefeitura de Tóquio relutantemente aceitou nesta sexta-feira (1º) a realização das provas de maratona e marcha atlética dos Jogos de 2020 na cidade de Sapporo (JPN).

O  Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu abruptamente levar as provas para Sapporo, norte do país, para fugir das condições extremas de temperatura da capital japonesa nos meses de julho e agosto.

A governadora da capital japonesa, Yuriko Koike, disse que: "Após considerar o sucesso dos Jogos Olímpicos, apesar de não concordar, decidimos não obstruir a decisão do COI, que é a autoridade com a decisão final, de levar as provas para outra cidade."

"Se eu tiver de dizer algo, foi uma decisão alcançada sem consenso", completou Koike.

A decisão tomada pelo COI foi após as provas de maratona e marcha no Mundial de Atletismo, em que além das provas começarem por volta de 0h em Doha (QAT), em que diversos atletas não suportaram as altas temperaturas e a alta umidade da capital catari.

Foto: KYODO

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes