Programa de promoção dos valores olímpicos do Comitê Olímpico do Brasil completa um ano de atividades


Em um local que se propõe a imaginar o futuro, educadores foram convidados a repensar a forma com que trabalham no presente. O Comitê Olímpico do Brasil (COB) organizou nesta segunda-feira, dia 25, no Museu do Amanhã, na Praça Mauá, no Rio de Janeiro, o evento “Valores que Transformam: a importância das habilidades socioemocionais na educação”, em comemoração ao aniversário do Transforma, programa de promoção dos valores olímpicos do COB. Cerca de 350 profissionais da educação e convidados tiveram a oportunidade de conhecer melhor as diversas ações do Transforma, que contribui para a formação integral do ser humano, atuando em escolas, por meio da educação olímpica.

"É uma grande alegria para o COB celebrar o primeiro ano do Transforma. O COB tem duas missões principais: organizar o esporte olímpico no âmbito nacional e promover os valores olímpicos. Estamos certos de que o esporte é um valioso instrumento para potencializar a educação e auxiliar na formação de cidadãos. Mas para isso é preciso que tenhamos professores capacitados. E, por isso, toda nossa admiração e reconhecimento aos artífices do projeto que são os educadores", disse Paulo Wanderley Teixeira, presidente do COB, que fez a abertura do evento.

"O Transforma tem como objetivo aproximar o COB e o esporte da sociedade. O Comitê, por sua história e conhecimento, é ciente de sua importância no papel de promotor dos valores olímpicos. Mas só é possível realizar o Transforma porque temos instituições, como a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, e pessoas engajadas no projeto. Por isso, nesse ano, o agradecimento é para todos os nossos parceiros presentes ao evento", disse Manoela Penna, diretora de Comunicação e Marketing do COB.

O evento começou com uma exposição com fotos e vídeos contando a história de um ano do Transforma. Além das Escolas Municipais Olímpicas Cariocas Emma D'Ávila de Camillis e Eduardo Bittencourt, no Rio de Janeiro, neste primeiro ano do programa, o Transforma atuou em Palmas durante a etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude; foi implantado nas cidades de Taubaté, Blumenau e Cascavel e iniciou conversas para a implementação em escolas brasileiras no Japão, como parte das ações do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Na sequência, foi realizado um bate-papo chamado “Valores Olímpicos para a vida: abordagens práticas”, no qual os professores do Transforma Carol Mendonça, de Português; Rodrigo Rodrigues, de Geografia; Rodrigo Sacramento, de Matemática; e Silvio Predis, de Química; falaram sobre as possibilidades de uso do conteúdo do programa nas aulas.

"A base do trabalho do Transforma são os Valores Olímpicos de amizade, excelência e respeito. Amizade e respeito são mais fáceis de compreender, mas quando a gente fala de excelência, estamos falando de dar o seu melhor, de se dedicar ao máximo a uma atividade. Isso é muito importante dentro da escola", destacou Carolina Araújo, gerente de Cultura e Valores Olímpicos do COB.

Na sequência, Carolina Ferracini, da ONU Mulheres, parceira do COB em diversas ações, como na elaboração da Política de Enfrentamento e Prevenção ao Assédio e Abuso Moral e Sexual para o Esporte Nacional, apresentou o painel “Construindo um ambiente seguro para os alunos: o papel do professor”. A mote foi a reflexão sobre as ações práticas possíveis para o enfrentamento dos abusos físicos, psicólogos ou sexuais.

Encerrando o dia de atividades, Rossandro Klinjey, escritor, psicólogo, consultor, colunista e fenômeno das redes sociais com vídeos com mais de 100 milhões de visualizações, ministrou a palestra “O professor como agente do desenvolvimento emocional do educando”. 

Para Rejane Pereira Costa, subsecretária da Secretaria Municipal de Educação do Rio, as portas da Prefeitura estão abertas para o incremento da parceria com o COB. “Cada vez mais precisamos pautar nossas ações humanitárias e pedagógicas no respeito, que é um dos principais Valores Olímpicos. O respeito vê no outro toda a potencialidade dele. O Transforma faz com que a gente viva todos os dias como um Dia Olímpico”, disse Rejane.

"Achei muito interessante essa oportunidade que o COB nos ofereceu de trabalhar com os Valores Olímpicos. Foi a oportunidade do coordenador, que é um agente multiplicador da unidade educacional, conhecer e passar para os professores o que foi mostrado aqui", disse Ana Cristina, coordenadora pedagógica da EM Arthur Ramos, da Gávea.

Durante seu primeiro ano de atividades, o Transforma atuou, principalmente, nas Escolas Municipais Olímpicas Cariocas Emma D'Avila, em Pedra de Guaratiba, e Edmundo Bittencourt, em Benfica. O COB de Portas Abertas levou alunos das instituições para a sede do Comitê para participar de uma programação cultural e praticar diversas modalidades olímpicas. O Transforma também levou diversos medalhistas olímpicos como Poliana Okimoto, Ágatha Rippel e Bárbara Seixas para interagirem com alunos das Escolas Municipais que levam o nome deles. Em dezembro, será a vez do ginasta Diego Hypolito.

Foto: COB/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes