CBJ renova com patrocinador de fornecimento de uniformes


A Confederação Brasileira de Judô selou nesta semana acordo de renovação de patrocínio junto à Mizuno Corporation, fornecedora de material esportivo oficial do judô brasileiro desde 2007. O contrato foi assinado na sede da empresa, em Tóquio, no Japão, pelo presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges, e pelo gerente do Departamento de Negócios e Promoção da Mizuno, Kojiro Naruo. 

Os gestores Ney Wilson Pereira (Alto Rendimento) e Marcelo Theotônio (Categorias de Base) também representaram a CBJ na reunião, assim como Misa Maeshima e Nobuhiro Todoriki, ambos representantes da Mizuno Japão. 

A manutenção da parceria com a empresa japonesa é uma grande notícia para a seleção brasileira de Judô, que disputará, entre outras competições, o Campeonato Mundial de Tóquio 2019 e os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 com o quimono oficial da Mizuno. 

"O judogi Mizuno é o sonho de qualquer judoca. Ficamos muito felizes e orgulhosos com a manutenção dessa parceria entre CBJ e Mizuno que já dura mais de dez anos. Temos certeza que estamos garantindo aos nossos atletas o que há de melhor em termos de material esportivo específico para o Judô", disse o presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges. 

Um dos grandes diferenciais dessa parceria é que a Mizuno fornece quimonos e faixas produzidos sob medida para cada um dos judocas da seleção principal, com ajustes específicos customizados de acordo com o tamanho e peso dos atletas das diferentes categorias.

Além disso, o material tem a aprovação da Federação Internacional de Judô para seus eventos oficiais.

Foto: CBJ

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes