Buscando pontos na corrida olímpica, Brasileiros disputam o Grand Prix de Taekwondo, na Bulgária


A etapa de Sofia do Grand Prix Mundial de Taekwondo é mais um passo importante para os brasileiros que almejam a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Ícaro Miguel, Talisca Reis e Maicon Andrade já estão na Bulgária e sábado iniciam os combates em suas categorias.

- Venho de grandes eventos e trazendo bons resultados e tenho certeza que tenho condições de chegar e brigar entre os melhores, como já venho fazendo. Agora é trabalhar e correr atrás desse grande resultado – comentou Ícaro Miguel.

Ícaro chega à Bulgária após conquistar o título do President’s Cup, em Las Vegas, para lutar entre os atletas com até 80 quilos. Entre os pesos pesados, acima de 80 quilos, o Brasil contará com Maicon Andrade. Entre as mulheres, Talisca Reis competirá na categoria até 49 quilos.

O torneio terá início nesta sexta-feira, mas as categorias do trio brasileiro entram em combate somente no sábado. O Brasil contará com outros representantes, inscritos de forma individual.

Além do título do torneio, no Grand Prix de Sofia estão em jogo 40 pontos no Ranking Mundial e Ranking Olímpico.

- O Taekwondo brasileiro está em uma temporada bastante produtiva, com os atletas participando de diversos torneios internacionais. Os que seguem trabalhando para alcançar a vaga Olímpica precisam aproveitar essas últimas competições, como o GP da Bulgária e o Grand Prix Final. Assim como no mundial militar ou nos torneios abertos que restam. São nas competições de nível A, em que estão os melhores do mundo, que eles têm a oportunidade de, com um bom resultado, se projetar nesta corrida – analisou a coordenadora técnica da CBTKD, Natália Falavigna.

Os cinco primeiros colocados no Ranking Olímpico, no final do ano de 2019, garantem vaga direta aos Jogos de Tóquio. Mais uma vaga ainda é confirmada em 2019, esta ao vencedor do circuito Grand Slam Series, realizado uma vez por ano, durante todo ciclo Olímpico.

Em 2020 as vagas restantes serão disputadas nos torneios qualificatórios continentais. O das Américas será na Costa Rica, entre nos dias 10 e 11 de março.

- Estamos em um ano muito proveitoso e que ainda não acabou e para nós se encerrará somente último bloco de treinamento de campo, em que reuniremos os destaques nacionais, de diversas categorias, para que possamos analisar os resultados, as performances e a temporada como um todo – finalizou Natália Falavigna.

Em 2019 o Brasil conquistou medalha de bronze, com Gabriele Siqueira, na etapa de Roma. Ao todo o País já conquistou oito medalhas, sendo três de prata e cinco de bronze.

Foto: Divulgação/FOKUS

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes