Brasil encerra o Sul-Americano de Pentatlo Moderno com dez medalhas


O Brasil encerrou o Campeonato Sul-Americano de Pentatlo Moderno, nesta quarta-feira, 9, com mais quatro medalhas. Com isso, o país soma 10 medalhas conquistada no torneio que começou na segunda, 7, em Buenos Aires, na Argentina. As últimas medalhas brasileiras foram um ouro no revezamento misto com Bianca Cavalcanti e Gabriel Sasaqui; uma prata no revezamento feminino com Priscila Oliveira e Stephany Saraiva; um bronze no revezamento masculino com Felipe Nascimento e William Muinhos; e uma prata no revezamento misto Júnior com Marcelo Saraiva e Marcela Mello.

A competição foi disputada no Colégio Militar Nacional, que fica na região de El Palomar. O torneio reuniu eventos tanto na categoria Sênior quanto Júnior. Ao todo, foram 58 pentatletas de sete países (Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Uruguai e Peru), dentre eles os 12 brasileiros.

Para chegar ao ouro no revezamento misto, Bianca e Gabriel somaram 1.378 pontos, dentre sete duplas. A prata ficou com os equatorianos Marcella Cuaspud e Marco Herrera, que fizeram 1.365 pontos, e o bronze com os argentinos Pamela Zapata e Leandro Corradini (1.363).

A prata de Priscila e Stephany no revezamento feminino foi conquistada após elas alcançarem 1.331 pontos, dentre as três duplas inscritas no evento. O ouro foi das argentinas Ayelen Zapata e Alexandra Bettinelli com 1.361 pontos e o bronze das peruanas Tony Glalescka Sanchez e Yvoni Collins Pereyra (1.084).

Já o bronze de Felipe e William no revezamento masculino foi confirmado depois que eles conquistaram 1.492 pontos, dentre nove duplas. O ouro ficou com os argentinos Emanuel Zapata e Sergio Villamayor, que chegaram aos 1.511 pontos, e a prata com os chilenos Esteban Bustos (prata nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019) e Benjamin Ortiz (1.501).

PÓDIO JÚNIOR
Marcelo Saraiva e Marcela Mello levaram a prata no revezamento misto Júnior depois de somarem 1.316 pontos. O ouro da disputa foi para os equatorianos Leon Valerie e Andres Torres, com 1.345 pontos, e o bronze para os argentinos Camila Fuenzalida e Oliver Lima (1.283).

Nos revezamentos desta quarta, o Brasil também esteve representado por Danilo Fagundes e Luis Magno no revezamento misto Sênior. Eles ficaram em quarto lugar com 1.485 pontos.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes