Rússia estabelece meta de enviar 300 atletas e conquistar 40 a 50 medalhas para Tóquio-2020


Faltando menos de 11 meses para os Jogos Olímpicos de 2020, uma das principais potências – ainda que em declínio – estabeleceu sua meta para Tóquio: O chefe do Comitê Olímpico Russo (ROC), Stanislav Pozdnyakov, espera que seu país ganhe 40 a 50 medalhas e 300 atletas em 20 esportes.

A Rússia ficou em 2º lugar no quadro de medalhas nas duas primeiras participações (Atlanta-1996 e Sidnei-2000), 3º nas seguintes (Atenas-2004 e Pequim-2008) e 4º nas últimas (Londres-2012 e Rio de Janeiro-2016). No Brasil o país teve sua participação mais discreta: 19 ouros e 56 medalhas conquistadas por uma equipe de apenas 291 atletas, após o escândalo de doping no atletismo que impediu a presença de vários membros da equipe russa.

Em entrevista para o Canal Russia 24, Pozdnyakov, um esgrimista que conquistou cinco medalhas olímpicas no sabre, incluíndo o ouro individual e por equipes em Atlanta, declarou que "no momento, nós podemos nos basear neste resultado. É o número que conseguimos alcançar".

Foto: Comitê Olímpico Russo / Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes