Presidente da Federação dos Jogos da Commonwealth vai à Índia para evitar boicote em 2022


A Presidente da Federação dos Jogos da Commonwealth (CGF), Dame Louise Martin e o Diretor-Executivo David Grevemberg viajarão à Índia para persuadir o país em sua ameaça de boicote aos Jogos de Birmingham-2022 pela não-inclusão do Tiro Esportivo no calendário. A índia não participou da Assembleia Geral da entidade em Kigali, Ruanda, onde a decisão foi tomada.

"Nós valorizamos a Índia e sua participação nos Jogos da Commonwealth", Grevemberg disse. 

A Ministra do Esporte da Índia Kiren Rijiju pediu a intervenção de Nicy Morgan Ministra do Estado para o Esporte, Mídia, Cultura e Mundo Digital, lembrando que a Federação Internacional de Tiro (ISSF) ofereceu dividir os custos da inclusão do esporte no programa de Birmingham. 

A CGF já declarou inúmeras vezes que não considera a inclusão do esporte no programa, já que ele é um esporte não-obrigatório e que a decisão foi tomada após a ISSF não chegar a um acordo em relação a um calendário reduzido para a modalidade.


Foto: Divulgação / CGF

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes