Mundial de Luta 2019 - Dia 6


Adeline Gray (USA) foi o destaque desta quinta-feira (19) no Mundial de Luta, que está sendo realizado em Nur-Siltan (KAZ).

A norte-americana foi a campeã mundial da categoria até 76kg, sendo o quinto conquistado por Gray. As vagas para Tóquio 2020 ficaram com Estados Unidos, Japão, Estônia, Alemanha, China e Cazaquistão.

Já na categoria até 57kg, Risato Kawai (JPN) ficou com o ouro. Classificaram-se para os Jogos de 2020 Japão, China, Belarus, Nigéria, Polônia e Moldova.

Nas duas categorias não olímpicas que tiveram suas finais hoje, Linda Morais(CAN) foi a campeã na categoria até 59kg e Inna Trazhukova (RUS) venceu a categoria até 65kg.

Lutadoras brasileiras são eliminadas e país se despede do Mundial
Aline Silva (76kg) e Laís Nunes (62kg) perderam nesta quinta-feira (19) no Mundial e o Brasil não terá mais representantes da competição.

Aline disputou a repescagem conta a nigeriana Blessing Onyebuch. A vencedora enfrentaria a chinesa Qian Zhou por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, já que os dois quintos colocados também garantiam vaga na semifinal da Copa. Aline pôde disputar a repescagem nesta quinta porque a japonesa Hiroe Minagawa, algoz da brasileira nas eliminatórias chegou a final

No combate entre a brasileira e nigeirana, a campeã africana começou o combate agressiva e alcançando um feito que nenhuma atleta tinha conseguido, alcançar as pernas de Aline, derrubar a brasileira e fazer 2 a 0. Em seguida, a nigeriana voltou a furar a defesa da brasileira e abrir mais dois pontos no placar, 4 a 0. Aline voltou no segundo round disposta a reverter a o placar e conseguiu diminuir a desvantagem para 8 a 2. No entanto, Onyebuch conseguiu mais uma queda e por pouco não encostou Aline. A segundos do fim, Aline conseguiu furar a defesa da rival e colocá-la em posição de encostamento. Porém, o cronômetro zerou antes que Aline pudesse completar a ação e a vitória ficou com a nigeriana por 8 a 3.

Já Laís atual número 2 do mundo, enfrentou na luta de estreia a norte-americana Kayla Miracle nas eliminatórias da categoria até 62kg do wrestling feminino. Kayla veio da primeira rodada das eliminatórias onde bateu a uzbeque Nabira Esenbaeva por superioridade técnica (11 a 0) e se classificou para enfrentar Lais já pela segunda rodada das eliminatórias do torneio.

O confronto entre Lais e Kayla aconteceu nos Jogos Pan-americanos de Lima 2019 e pouco mais de um mês depois as duas se encontraram novamente. A estado-unidense voltou a vencer Lais, desta vez por superioridade técnica (15 a 4). Na rodada seguinte, Kayla perdeu para a norte-coreana Jong Rim depois de uma luta terminada em 6 a 6 e vencida no critério de desempate. O resultado impediu Lais de voltar na repescagem desta sexta-feira.

Foto: UWW

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes