Felipe Nascimento emplaca top-15 no Aberto da Polônia de Pentatlo Moderno


Quatro brasileiros participaram do Aberto da Polônia de Pentatlo Moderno, que reuniu 68 pentatletas de 24 países em Drzonków. As disputas na cidade polonesa começaram na sexta-feira, 13, e foram até este domingo, 16. O torneio distribuiu medalhas nos eventos individuais feminino e masculino e valeu pontos para o ranking olímpico que vai definir as últimas vagas para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Dos brasileiros, Priscila Oliveira, de 30 anos, ficou em 21º depois de somar 1.197 pontos, na disputa que reuniu 30 pentatletas. Já Danilo Fagundes, 31, Felipe Nascimento, 26, e William Muinhos, 26, tiveram que passar pela qualificatória, que definiu os 36 finalistas dos 38 inscritos no torneio. Na final, Felipe foi o 11º com 1.386 pontos, Danilo o 16º com 1.377 pontos e William, que optou em não participar do laser-run, após não pontuar no de hipismo, o 35º (463).

Todas as provas em Drzonków foram disputadas na Basen Olimpijski WOSiR. O evento que encerrou o torneio neste domingo foi a final masculina, que reuniu 36 nomes de 17 países.

Na esgrima, William teve 14 vitórias, que lhe garantiram 184 pontos. Felipe ganhou 13 duelos com a espada, convertidos em 178 pontos; e Danilo saiu vitorioso de 12 lutas (178).

Na natação, Felipe cravou os 2min06s65, que lhe renderam 297 pontos. Danilo nadou os 200 metros estilo livre em 2min11s60, transformados em 287 pontos; e William fez 2min15s97 (279).

No hipismo, Felipe conquistou a pontuação máxima (300), montando o cavalo Mahado. Danilo levou 293 pontos nos saltos sobre os obstáculos com o Kartes. Já William teve problemas e não pontuou na prova.

No laser-run, Danilo terminou as quatro séries de 800 metros de corrida intercaladas com cinco acertos de tiro a laser em 11min15s95, convertidos em 625 pontos. Felipe fez 11min29s49, garantindo 611 pontos . William não participou da prova.

O grande campeão da disputa masculina foi o russo Ilya Shugarov, que somou 1.427 pontos. A prata foi para o polonês Sebastian Stasiak, com 1.421 pontos, e o bronze para o tcheco Odrej Polivka (1.417).

A disputa feminina na Polônia não teve a qualificação, já que o número de inscritas no evento estava dentro dos 36 indicados pela União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) para a realização direta da final. A prova, que aconteceu no sábado, 14, reuniu 30 pentatletas de 18 países.

Para chegar aos 1.197 pontos, Priscila teve sete vitórias na esgrima, que foram convertidas em 146 pontos. Na natação, a pernambucana cravou os 2min19s66, que lhe renderam 271 pontos. No hipismo, ela conquistou 279 pontos montando o Haris. Já no laser-run, a brasileira somou 501 pontos depois de terminar a prova em 13min19s27.


A campeã da disputa foi alemã Janine Kohlmann, que somou 1.372 pontos. A prata ficou com a italiana Alessandra Frezza, com 1.343 pontos e o bronze com a polonesa Anna Maliszewska (1.339).

Depois do Aberto da Polônia, os pentatletas brasileiros seguem participando de torneios que valem pontos para o ranking olímpico. O próximo deles será o Aberto do Quirguistão, que será realizado de 26 a 29 de setembro, na capital Bishkek.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes