Edival 'Netinho' Marques conquista a única medalha do Brasil no Grand Prix de Taekwondo em Chiba




O Brasil saiu com uma medalha do Grand prix de Taekwondo que está sendo disputado em Chiba (JPN), no mesmo local que será disputado o Taekwondo nos Jogos olímpicos de Tóquio. Edival Marques, o 'Netinho' foi medalha de bronze na categoria até 68Kg na sexta (13), em competição que reúne apenas os 32 melhores lutadores de cada categoria no ranking olímpico.

"Essa foi uma das competições mais marcantes da minha vida. Estava me sentindo muito bem, desde a pesagem, muito diferente das outras competições. Era como se eu fosse fazer um treino, mas sabendo da importância e do alto nível que seria. Dei o meu primeiro nocaute em Grand Prix, fiquei feliz e ao mesmo tempo nervoso, preocupado com o meu adversário. Mas gostei bastante da competição e com esse resultado devo subir algumas colocações no ranking. o que é muito importante para conseguir me classificar aos Jogos. Agora é treinar mais para conseguir outra cor de medalha nas próximas”.

O nocaute a que Netinho se refere veio logo na estreia, diante de Konstantin Minin (Rússia). Depois, nas oitavas de final, o brasileiro superou o vice-líder do ranking mundial, Bradly Sinden (Grã-Bretanha), com boa diferença no placar: 31 a 19. Nas quartas, Netinho derrotou outro adversário mais bem ranqueado do que ele: Seok-bae Kim (Coreia do Sul), por 18 a 14.

Mas na semifinal o lutador paraibano não conseguiu parar o iraniano Mirhashem Hosseini, campeão do torneio, por 10 a 4. Apesar da derrota, Netinho encerrou sua participação com a medalha de bronze.

Maicon Siqueira e Talisca Reis bateram na trave na disputa por medalhas ficando nas quartas de final e foram os brasileiros mais bem colocados depois de Netinho. Ícaro Miguel, Gabriele Siqueira, Paulo Ricardo, Caroline Santos e Iris Tang sing ficaram nas oitavas de final; Rafaela Araujo, Raiane Fidelis e Milena Titonelli ficaram na primeira fase.

A competição serviu como evento-teste para os jogos de Tóquio, além de contar pontos para o ranking olímpico.


foto: arquivo pessoal Edival Marques



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes