Brasil leva duas pratas e dois bronzes no penúltimo dia da etapa de Assunção do Circuito Mundial de Tênis de Mesa


O penúltimo dia de disputas do Aberto do Paraguai, competição challenge plus do Circuito Mundial de Tênis de Mesa, teve brasileiros conquistando medalhas de prata. Nesta sexta-feira (13), em Assunção, Vitor Ishiy e Caroline Kumahara, nas duplas mistas, e, Bruna Takahahashi, no Sub-21, chegaram na final dos torneios e ficaram bem próximos de medalhas douradas.

Bruna fez um grande jogo na final do Sub-21. Chegou a estar perdendo por dois sets a zero, reagiu e deixou a vitória escapar no quinto set, batida pela japonesa Maki Shiomi, por 3 a 2 (10/12, 5/11, 12/10, 13/11 e 13/15).

Vitor e Caroline bateram os argentinos Horacio Cifuentes e Camila Arguelles, na semifinal, por 3 a 1 (6/11, 11/8, 11/8 e 18/16). Na decisão, encararam os fortes porto-rqiuenhos Brian Afanador e Adriana Diaz, e não resistiram: 3 a 0 (7/11, 7/11 e 4/11).

O último dia de Aberto do Paraguai ainda pode ter um brasileiro no alto do pódio: Vitor Ishiy, que na semana passada foi o vencedor do Campeonato Pan-Americano, também disputado em Assunção. Em grande fase, bateu novamente o colega de equipe Gustavo Tsuboi, por 4 a 0 (11/4, 11/4, 11/3 e 11/6), e não tomou conhecimento de Brian Afanador nas quartas de final, triunfando por 4 a 1 (11/9, 11/5, 11/8, 9/11 e 11/9). Na semifinal, neste sábado, às 13h30 (de Brasília), ele encara o austríaco Robert Gardos.

Os demais brasileiros caíram no individual. Thiago Monteiro ficou nas quartas de final, superado pelo japonês Matasataka Morizono, por 4 a 1 (13/11, 6/11, 15/17, 5/11 e 9/11), depois de ter superado o mexicano Marcos Madrid, por 4 a 0 (11/7, 11/5, 11/7 e 11/5). Eric Jouti e Cazuo Matsumoto pararam nas oitavas. O primeiro foi derrotado por Brian Afanador, por 4 a 1 (5/11, 6/11, 11/4, 10/12 e 8/11), enquanto o segundo foi superado por Robert Gardos, por 4 a 2 (11/8, 8/11, 7/11, 7/11, 11/7 e 9/11).

As meninas também não seguiram em frente. Caroline Kumahara foi superada por Maki Shiomi, por 4 a 1 (8/11, 13/11, 6/11, 8/11 e 5/11), nas oitavas de final. Bruna Takahashi passou por esta fase, ao vencer a argentina Camila Arguelles, por 4 a 0 (11/5, 11/3, 11/8 e 11/2), mas caiu na sequência, para a eslovaca Barbora Balazova, por 4 a 3 (13/11, 11/7, 11/9, 6/11, 5/11, 8/11 e 9/11). 

Dois bronzes nas duplas
Vitor Ishiy e Thiago Monteiro ficaram com o bronze no torneio de duplas masculino. Nas quartas de final, eles bateram os paraguaios Marcelo Aguirre e Axel Gavillan, por 3 a 0 (11/9, 12/10 e 11/8). Posteriormente, perderam a semifinal para os romenos Cristian Pletea e Hunor Szocs, pelo mesmo placar (8/11, 11/13 e 11/13). Mesma campanha teve a parceria Eric Jouti e Gustavo Tsuboi. Nas quartas, vitória sobre os brasileiros Cazuo Matsumoto e Gustavo Yokota, por 3 a 0 (11/6, 11/9 e 11/8). Depois, derrota para a dupla formada pelo japonês Masataka Morizono e pelo eslovaco Lubomir Pistej, por 3 a 2 (7/11, 11/9, 11/6, 9/11 e 4/11).

Entre as mulheres, quedas nas quartas de final. Bruna Takahashi e Jessica Yamada pararam nas argentinas Ana Codina e Camila Arguelles, por 3 a 2 (11/7, 11/6, 10/12, 8/11 e 9/11). Caroline Kumahara e a italiana Daniela Vivarelli foram superadas pelas porto-riquenhas Adriana Diaz e Melanie Diaz, por 3 a 0 (9/11, 9/11 e 3/11).

Foto; ITTF

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes