Atletas preparados para o início oficial das competições do Campeonato Mundial de Skate Park, em São Paulo


A segunda, terça e quarta-feira foram de preparação para os cerca de 160 skatistas que vão disputar o World Skate Park Skateboarding World Championship, competição mais importante do ano para a modalidade Park. A partir desta quinta, o clima em São Paulo, que chegou a ter sensação térmica de 40º, vai esquentar ainda mais com os melhores do mundo na pista. Se depender do nível de skate apresentado nos treinos, o campeonato mundial promete entrar para a história. O evento, que conta também com uma variada programação cultural, acontece no Vans Skatepark, localizado no Parque Urbano Cândido Portinari, até o domingo (15).

Líder do ranking mundial masculino, o americano Heimana Reynolds está muito feliz pela oportunidade de estar novamente no Brasil para disputar o campeonato mundial.

"Então, essa é a minha segunda vez no Brasil, eu estive aqui há alguns meses para o Vans Park Series nesse skatepark e eu me amarro nisso, estar no Brasil e andar em pistas diferentes. As pessoas também são muito legais aqui. Eu estou satisfeito de estar de volta, eu me diverti muito na primeira vez e eu estou amarradão por voltar".

Quem também elevou o nível dos treinos foi Pedro Barros, octacampeão mundial e vice-líder do ranking mundial. Pedro espera contar com o apoio da torcida para buscar o bicampeonato, já que foi o brasileiro que venceu o último Mundial disputado na China em 2018.

“Os treinos já estão mostrando o nível de skate da galera. O campeonato está animal, clima está fervendo e a nossa expectativa é a melhor possível. Eu particularmente espero que essas arquibancadas estejam lotadas durante as competições para embalar ainda mais os skatistas. A torcida brasileira sempre é muito calorosa e isso nos estimula muito”.

Se Heimana e Pedro já conhecem bem a pista, Shaun White, tricampeão olímpico de inverno no snowboarding, compete pela primeira vez no Brasil. Mas, o astro chegou a São Paulo uma semana antes para se preparar melhor. 

"Eu estou muito feliz de estar competindo aqui no Brasil. Estou em São Paulo treinando há uma semana e eu já amo esse skatepark. Ao contrário do snowboard, eu não criei nenhuma expectativa para esse evento. O meu plano é me jogar ao máximo e ver o que rola".

Outra grande atração da competição é Sky Brown, de apenas 11 anos, que também está curtindo a estadia brasileira e se divertindo com as amigas. Além de competir, Sky espera inspirar outras garotas a andar de skate também.

"Todas as vezes que eu estou competindo, tenho a chance de ver e estar junto com amigos skatistas, e isso é como um grande encontro! É irado estar junto de um grupo de meninas que estão correndo atrás de seus sonhos. Eu espero que outras meninas de todo o mundo saibam disso e que achem que também podem fazer o mesmo".

Foto: Pablo Vaz

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes