Vice-líder, Henrique Avancini encara ‘etapa especial’ em Val di Sole para manter embalo na Copa do Mundo de Mountain Bike


Vice-líder da Copa do Mundo de Mountain bike na modalidade cross-country olímpico, Henrique Avancini retorna à Val di Sole (ITA) para mais uma etapa da competição embalado por resultados recentes no campeonato.

Em terras italianas, o ciclista fluminense já conseguiu grandes resultados ao Brasil, principalmente na última temporada. Em 2018, conquistou a quarta posição na prova e se tornou o primeiro ciclista do País a alcançar o pódio em uma etapa da Copa do Mundo. Meses depois, foi ainda mais longe e, em Auronzo Di Cadore, faturou o título mundial de maratona MTB.

“A Copa do Mundo de Val di Sole é especial para mim, pois eu passei boa parte da minha carreira na Itália. E parte dos momentos mais difíceis da minha carreira, como boa parte dos mais felizes, também foram aqui. É o local de origem da minha família e uma etapa que traz uma sensação diferente para mim. Espero conseguir manter o nível que vinha desempenhando desde o começo do segundo semestre”, afirma o atleta da Cannondale Factory Racing Team. 

O brasileiro encara a pista de Val di Sole após pódios consecutivos nas etapas de Nové Mesto (República Tcheca), Vallnord (Andorra) e Les Gets (França). A prova italiana conta com diversas subidas desafiadoras, além de trechos cheios de pedras e raízes. Com 915 pontos, Avancini é o segundo colocado no ranking geral da competição, seguido pelo holandês Mathieu Van der Poel (899 pontos) e pelo suíço Mathias Flueckiger (883 pontos). O líder é o suíço Nino Schurter, com 1.160 pontos.

Foto: Red Bull

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes