Temperatura e transporte continuam a preocupar a menos de um ano para Tóquio 2020


Faltam menos de um ano para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Em meio a números impressionantes, como a velocidade de construção dos estádios e número de ingressos vendidos e de candidatos à voluntariado, também restam preocupações, entre elas o custo final do evento, a temperatura alta e a já caótica situação da capital japonesa.

Os organizadores revelaram que 90% das 43 instalações esportivas já estão terminadas, a pouco menos de um ano para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) qualificou os preparativos de Tóquio como os "melhores" da história. 3,2 milhões de ingressos já foram vendidos por sorteio; um novo sorteio está previsto para acontecer entre os dias 8 e 22 de agosto para destino de mais um lote dos 9 milhões de ingressos totais. Estão também em disputa 80 mil vagas de voluntariado, entre 200 mil pessoas que se candidataram.

O orçamento do evento ainda segue em aberto. O último número, anunciado em dezembro estipulava o custo final em 1.350 bilhões de yen (cerca de 47 milhões de reais), quase o dobro do valor de 700 bilhões de yen (24,5 milhões de reais) previsto durante a candidatura. Não pode-se esquecer dos escândalos de corrupção que assolaram os Jogos e provocaram a queda do antigo presidente do Comitê Olímpico Japonês Tsunekazu Takeda.

Se no verão de 2018, a temperatura chegou a 40 graus, a temperatura da capital japonesa chegou a 32 graus nesta quinta-feira, dia 25, e 84% de umidade na terça-feira, dia 23. O transporte lotado que é uma marca registrada da metrópole também preocupa e o governo pede para que empresas façam uso do home office ou horários alternativos durante os dias de Jogos Olímpicos.

De acordo com Joan Coates, em entrevista à agência Kyodo e publicada no jornal francês Le Monde, a presidente da Comissão de Coordenação do COI lembrou da importância de "medir o impacto das medidas já tomadas" contra o calor antes dos Jogos e também de garantir que o transporte entre a Vila Olímpica e os locais de prova funcionarão.

Com informações de: Le Monde
Foto: Conselho Esportivo do Japão

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes