Robôs devem desempenhar papel importante em Tóquio 2020 após novos modelos serem revelados



A Tóquio 2020 apresentou quatro novos robôs futuristas que serão implantados para ajudar espectadores, atletas e oficiais em locais de competição e para transmitir sons, imagens e feedback físico dos locais aos que assistem remotamente.

Os novos modelos incluem robôs baseados nas mascotes Miraitowa e Someity e foram desenvolvidos pela Toyota Motor Corporation.

A multinacional japonesa é uma indústria especializada no setor de tecnologia robótica e está apoiando o "Tokyo 2020 Robot Project", lançado em março com o objetivo de garantir que as Olimpíadas e Paralimpíadas do ano que vem sejam as mais inovadoras de todos os tempos

Os robôs do tipo mascote de Tóquio 2020 receberão atletas e convidados em locais de jogos e outros locais relacionados a jogos com movimentos semelhantes aos humanos, como apertar as mãos e acenar, e com uma variedade de expressões faciais.

Câmeras montadas nas testas dos robôs permitirão que elas reconheçam quando as pessoas estão próximas e reajam a elas.

A Tóquio 2020 e a Toyota também discutem várias maneiras dos robôs do tipo mascote tornarem mais fácil e mais agradável que crianças apreciem os Jogos.

Outro modelo - o robô humanóide T-HR3 - transmitirá sons e imagens dos locais dos Jogos para robôs parceiros em locais remotos.

Alega-se que isso permitirá que aqueles em locais remotos que interagem com os robôs humanóides T-HR3 se sintam como se estivessem fisicamente presentes em locais relacionados aos Jogos.

Um terceiro modelo - o robô T-TR1 - é um robô de mobilidade virtual desenvolvido pelo Toyota Research Institute nos Estados Unidos. Ele será equipado com uma câmera em cima de uma tela grande e quase em tamanho real. Ao projetar uma imagem de um usuário a partir de um local remoto, o robô ajudará essa pessoa a se sentir mais fisicamente presente em sua localização.

O robô T-TR1 dará às pessoas fisicamente incapazes de estar presentes em locais relacionados aos Jogos uma chance de participar virtualmente, com uma instalação na tela que permite conversas entre os dois locais.

A conclusão da formação do robô será o robô de suporte de campo, que será equipado com a funcionalidade de direção automática que permitirá que ele ajude em eventos de lançamento no Estádio Olímpico.

Os robôs determinarão o caminho ideal a seguir ao recuperar itens como martelos ou dardos lançados pelos atletas, guiando a equipe por caminhos que evitam obstáculos.

Isso ajudará a reduzir o tempo necessário para recuperar itens, além de reduzir a quantidade de suporte humano necessário nos eventos.

Tóquio 2020 e a Toyota estarão trabalhando com a Associação Internacional de Federações de Atletismo no desenvolvimento do robô de apoio de campo para os Jogos.

O Projeto Robô, afirma-se, ajudará a concretizar uma das principais visões de Tóquio 2020, "Unity in Diversity", uma vez que os organizadores pretendem promover um ambiente acolhedor para todos os atletas, visitantes e pessoas impossibilitadas de participar de eventos.

Foto: Tóquio 2020

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes