Robert Scheidt classifica para flotliha ouro no Mundial da Classe Laser


Robert Scheidt segue velejando de forma consistente no Japão. Na madrugada do domingo (7) - pelo horário de Brasília – ele inicia as regatas da flotilha ouro do Mundial da Classe Laser. A classificação para a fase final veio após mais um dia de bons resultados. 

Neste sábado (6), em Sakaiminato, o bicampeão olímpico cruzou a linha de chegada em 5° e 2° lugares, para subir da 7ª para a 5ª posição na classificação geral. Além de seguir na luta pelo título, ele está mais perto na vaga para representar o Brasil nos Jogos de Tóquio/2020.

“Foi mais um dia bom aqui em Sakaiminato. O vento continuou forte, na casa dos 18 nós, e mar com muita onda, o que gera uma disputa bem exigente fisicamente. Consegui velejar bem nas duas regatas, sendo consistente, o que me deixa bem feliz com essa atuação, tanto de hoje (sábado) como de ontem (sexta-feira). Agora começa a fase ouro, com mais seis provas. Vou tentar continuar em um ritmo bom, pois agora as coisas ficam mais complicadas. Os scores devem ser mais altos, as largadas mais difíceis, mas vou dar tudo para lutar pelo pódio e pela vaga na Olimpíada”, relatou Scheidt.

Para garantir o direito de representar o Brasil em sua sétima Olimpíada, Scheidt precisa terminar entre os 18 melhores do Mundial, além de ser o brasileiro mais bem colocado na disputa. Nesse duelo particular, ele leva grande vantagem. Após os resultados do terceiro dia, Robert segue bem à frente dos outros três conterrâneos que estão no Japão. Com a 5ª colocação na classificação geral, com 17 pontos perdidos, a diferença do bicampeão olímpico é de 23 posições em relação a Bruno Fontes (28ª posição no geral, com 57 pontos perdidos), de 33 para João Pedro Souto de Oliveira (38° lugar, com 68pp); e de 69 diante de Philipp Grochtmann (74°, com 133pp).

Foto: Junichi Hirai/Bulkhead Magazine Japan


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes