Na reta final, Seleção de boxe faz preparação para o Lima 2019 em São Paulo


Falta menos de uma semana para que a Seleção Brasileira de boxe desembarque no Peru para a disputa do maior evento esportivo das Américas. Os Jogos Pan-americanos Lima 2019 terão oito boxeadores do Brasil, sendo cinco homens e três mulheres, que disputam a partir do dia 28 as medalhas em suas respectivas categorias. 

Antes, porém, a equipe de 24 atletas se reuniu para treinar na última segunda (15) no Clube Escola Jorge Bruder, em São Paulo. É a reta final de uma preparação que vem sendo realizada ao longo de 2019.

"Nós viemos num ritmo forte de competições internacionais no primeiro semestre visando, primeiramente, o pré-pan-americano. Fomos de uma base de treinamento de 21 dias na altitude da Colômbia com oito países, entre eles República Dominicana e Colômbia, forças no boxe pan-americano. Agora, estamos dentro dos 15 dias de polimento para os Jogos e vamos ter uma semana de adaptação ao clima e à pequena diferença de fuso", explicou Mateus Alves, treinador-chefe da seleção, lembrando que os boxeadores disputaram torneios em países como Bulgária, República Tcheca e Rússia, grandes escolas do leste europeu.

Dos classificados para Lima, estiveram no treinamento desta segunda-feira: Abner Teixeira (91kg), Cosme Henrique Nascimento (+91kg), Hebert Sousa (75kg), Keno Marley (81kg), Ronaldo Bezerra (49kg) e Jucielen Romeu (57kg). Além deles, Luiz Fernando (69kg), Beatriz Gomes (69kg), Douglas Andrade (52kg), Graziele Jesus (51kg), Rebeca Lima (57kg), Carlos Rocha (56kg), Adilson Gonçalves (56kg), Wanderson Oliveira (64kg) e Kalil Paiva (81kg) participaram da atividade porque fazem parte da seleção permanente.

Além de Mateus Alves, técnico-chefe, as atividades foram orientadas por Claudio Aires e Amônio Silva. Beatriz Ferreira e Flávia Figueiredo, que também estarão em Lima, foram liberadas das atividades nesta segunda para resolver problemas particulares.

"Estamos num processo de renovação. Nossa equipe conta com cinco homens e três mulheres, classificamos oito categorias de 13 possíveis. A gente tem o objetivo de superar os dois pódios de Toronto", projetou Mateus Alves.

Para o jovem Keno Marley, ouro nos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, será uma oportunidade de testar o trabalho que vem sendo feito em busca de uma vaga nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

"Tem sido uma caminhada bem difícil. Foi um treino intenso, curto, mas nos matamos em pouco tempo. Estou bem fisicamente, mentalmente, estou preparado para buscar um bom resultado em Lima", disse o jovem de 19 anos da pequena Conceição do Almeida, cidade de pouco mais de 18 mil habitantes a 160 quilômetros de Salvador, no Recôncavo Baiano, que aos 12 foi levado para São Paulo para treinar. "Depois do Pan, em 2019, ainda temos o Mundial que é um dos objetivos e, depois, os Jogos Olímpicos, que é o grande foco", completou.

Foto: CBBoxe

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes