Mundial de Vôlei de Praia 2019 - Dia 5


O Brasil chegou ao final da fase classificatória da disputa feminina do Mundial de Vôlei de Praia, que está sendo realizado em Hamburgo (GER) com 11 vitórias em 12 partidas, já conhecendo os seus adversários.

Feminino
A fase de grupos do torneio feminino no Campeonato Mundial de vôlei de praia 2019 terminou nesta terça-feira (02.07), em Hamburgo (Alemanha). O Brasil entrou em quadra duas vezes, com vitória de Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ), que saiu na liderança da chave, e revés de Carol Solberg/Maria Elisa (RJ), que avançou em segundo. Ágatha/Duda (PR/SE) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) já estavam classificadas em primeiro de suas chaves.

A primeira fase eliminatória – dezesseis avos de final ou Round 32 – acontece nesta quarta-feira (03.07), com 16 partidas de ‘mata-mata’ que antecedem as oitavas de final. Os confrontos são definidos em sorteio direcionado, com os times mais bem colocados enfrentando aqueles que se classificaram com os piores resultados.

Nesta fase, Ágatha/Duda vai enfrentar as norte-americanas Kerri Walsh/Sweat; Fernanda Berti/Bárbara Seixas joga contra as austríacas Plesiutschnig/Schutzenhofer, Carol Solberg/Maria Elisa enfrenta as norte-americanas Alix Klineman/April Ross, e Ana Patrícia/Rebecca encara o vencedor da partida de Lucky Loser, que será disputado no final da tarde desta terça-feira. Veja abaixo todos os duelos do Brasil.

Fernanda e Bárbara mantiveram os 100% de aproveitamento nesta terça-feira ao superarem as finlandesas Lahti/Parkkinen por 2 sets a 0 (21/15, 21/17), em 36 minutos de duração. Fernanda Berti foi a maior pontuadora do duelo, com 17 acertos (15 ataques e dois bloqueios). Ela comentou a vitória e a primeira fase concluída de maneira invicta.

“Foi um ótimo jogo, Bárbara defendeu e sacou muito bem, o vento estava dificultando para recepcionar em um determinado lado da quadra, mas soubemos contornar isso. Tivemos uma partida bastante consistente. A gente encarou cada jogo de maneira muito específica, passo a passo. São adversários diferentes, estilos específicos”, destacou Fernanda.

Bárbara comentou a aplicação tática do time para vencer as finlandesas, contra quem não haviam jogado ainda nesta temporada.

“Acho que tivemos uma atenção especial com a parte tática, desenvolvemos tudo que tínhamos estudado e combinado. Isso também ajudou no passe e nos levantamentos, estou muito feliz com nossa atuação. O nosso pacto é que o próximo jogo é sempre o mais importante, que o que vem na sequência tem que ser encarado com total atenção, vamos seguir assim, aplicadas e com muita vontade”, disse a defensora.

Carol Solberg e Maria Elisa, que vinham de duas vitórias, acabaram superadas pela primeira vez em Hamburgo. Elas levaram o duelo para o tie-break, mas perderam por 2 sets a 1 (22/24, 21/14, 9/15) para as norte-americanas Larsen/Stockman, em 51 minutos. Maria, maior pontuadora do duelo com 25 acertos, comentou a partida.

“Acredito que a principal dificuldade foi consertar passe e levantamento. O jogo foi disputado, equilibrado, as meninas jogaram muito bem. Defenderam e concluíram melhor em alguns momentos. Poderíamos ter vencido também, mas acredito que o conjunto passe e levantamento foi um ponto que ficamos um pouco abaixo. Mas vamos com tudo, entrar com firmeza nos próximos jogos, estou confiante no nosso time”, declarou. Apesar do revés, Carol e Maria avançaram em segundo lugar da chave.

Fase de 32:
Fernanda Berti/Bárbara x Plesiutschnig/Schutzenhofer (AUT) –
Ágatha/Duda x Kerri Walsh/Sweat (USA)
Carol Solberg/Maria Elisa x Alix Klineman/April Ross (USA) 
Ana Patrícia/Rebecca x Xue/Wang (CHN)

Masculino
Alison e Álvaro Filho (ES/PB) venceram e garantiram a primeira posição do grupo, enquanto Pedro Solberg e Vitor Felipe (RJ/PB) foram superados, mas avançaram em segundo da chave e estão na fase eliminatória da competição, que segue até o próximo domingo (07.07).

Outros dois times encerram a fase de grupos nesta quarta-feira (03.07): Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e André Stein/George (ES/PB), que jogam valendo a primeira colocação de seus grupos. A definição dos adversários da fase eliminatória só acontecerá depois disso, no final da tarde de quarta. Até agora são nove vitórias em dez jogos no masculino.

Alison e Álvaro Filho terminaram a primeira fase superando os russos Semenov e Leshukov por 2 sets a 0 (26/24, 21/19), em 46 minutos, pelo grupo E. Alison elogiou a evolução apresentada pelo time na chave e ressaltou a dificuldade em superar a dupla russa, representante de uma das escolas mais tradicionais do voleibol mundial.

“Foi um bom jogo, o time da Rússia é muito forte e sair em primeiro da chave é muito importante. Primeiro pela evolução do nosso time, vencer uma dupla que está crescendo bastante, que provavelmente estará nos Jogos Olímpicos de Tóquio e brigando por pódios, isso é muito bom. Vamos seguir olhando para frente. A primeira fase foi concluída, mas agora é descansar e olhar para frente, sempre pensando na evolução do nosso time”, declarou.

Alvinho, que empatou em pontos com Semenov – 15 cada um – comentou a classificação na primeira posição do grupo e o descanso até a primeira rodada eliminatória.

“Foi um grupo bem difícil, terminar em primeiro lugar do grupo representa um dos objetivos que traçamos. Queremos descansar, aproveitar o dia e deixar o corpo pronto para a sequência do torneio. Vamos aguardar para sabermos quem será o próximo adversário para estudar bastante e seguir buscando o crescimento”, disse Alvinho.

Pedro Solberg e Vitor Felipe, que tinham vencido as duas primeiras partidas do grupo A, foram superados nesta terça-feira pelos noruegueses Mol e Sorum, atuais líderes do ranking mundial. Derrota por 2 sets a 0 (21/14, 21/15), em 39 minutos. Apesar do revés, eles avançam em segundo da chave e aguardam a definição dos adversários da próxima fase.


“Claro que eles formam o melhor time do mundo no momento, mas jogamos bem abaixo do que podemos apresentar. Acho que poderíamos ter imprimido um ritmo melhor, como fizemos na rodada anterior. O campeonato é longo, saímos em segundo da chave, vamos olhar para frente”, declarou Pedro Solberg após a partida.

Foto: Beach Majors

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes