Mundial de Esportes Aquáticos 2019 - Dia 8


Ana Marcela Cunha voltou ao topo do pódio e ganhou nesta quinta-feira (19) os 25km da Maratona Aquática no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Gwangju (KOR).

MARATONA AQUÁTICA
Sob condições muito complicadas, com direito a chuva forte, ventania e mar com águas bastante agitadas, a prova feminina dos 25km das maratonas aquáticas – que fechou as competições da modalidade no Mundial.

Foi a 11ª medalha de Ana Marcela em Mundiais e o quarto título da brasileira na prova dos 25km.

A brasileira ganhou com o tempo total de 5h08min3s0, triunfando com folga. A medalha de prata ficou com a alemã Finnia Wunram, com o tempo de 5h08min11s6, e o bronze foi conquistado pela francesa Lara Grangeon, com 5h08min21s2.

No masculino, Axel Reymond (FRA) levou o ouro.

NATAÇÃO
O nadador Gabriel Santos foi suspenso por 8 meses após ter sido julgado pela FINA nesta sexta-feira. Gabriel foi flagrado em um exame antidoping  realizado no dia 20 de maio para a substância clostebol.

Com a punição, Gabriel está fora do Mundial e dos Jogos Pan-Americanos, em Lima. Como a pena é retroativa a 20 de maio, o nadador estará livre a tempo para disputar uma vaga em Tóquio 2020.
.
O brasileiro foi prata no 4x100m Livres no Mundial de 2017 e ouro no Pan-Pacifico de 2018, realizado em Tóquio.

NADO ARTÍSTICO
A Rússia foi a vencedora na disputa livre por Equipes, ao somar um total de 98.0000 pontos. 10 ouro seguido das russas na prova.

Nos prova livre dos duetos mistos, a Rússia foi a melhor da fase preliminar com 93.1000 pontos. A dupla do Brasil, Giovana Stephan/Renan Souza, somou 81.2333 pontos ficando em 7º lugar avançando para a final.

SALTOS ORNAMENTAIS
Na Plataforma de 10m masculina, foram disputadas a Fase Premilinar e Semifinal nesta madrugada. Jian Yang (CHN) foi o melhor em ambas as fases (530.10 e 573.35 pontos respectivamente).

O brasileiro Isaac Filho ficou em 14º (397.90 pontos) na fase preliminar, mas acabou sendo eliminado na semifinal, terminando em 13º lugar, com 404.50 pontos, ficando 12.30 pontos atrás do 12º colocado e último classificado para a final e para Tóquio 2020, uma vez que os 12 classificados garantiram vaga para os Jogos Olímpicos.

Na final do trampolim de 3m feminina, Shi Tingmao (CHN) foi a vencedora, com um total de 391 pontos.

QUADRO DE MEDALHAS
Após oito dias de disputas, a China já tem 12 ouros, seis pratas e um bronze e lidera com folga o quadro de medalhas. A Rússia mantém a segunda colocação, com 7 ouros e 4 pratas. A Alemanha está em terceiro, com dois ouros, uma prata e dois bronzes.

O Brasil agora é quarto lugar isolado, graças aos dois ouros de Ana Marcela.

Foto: FIVB

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes