Lesão tira principal atleta do Irã do mundial de levantamento de peso


Sohrab Moradi, campeão mundial e olímpico e recordista mundial múltiplo, está fora do Campeonato Mundial de Levantamento de Peso de 2019, depois de ter deslocado o ombro em treinamento.

Foi a segunda lesão grave em cinco meses para Moradi, que era a maior esperança do Irã para o ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, mas agora parece muito improvável que esteja lá.

Daud Bagheri, chefe do Comitê Médico da Federação Irã de Halterofilismo, confirmou à imprensa local que Moradi não poderá disputar o Campeonato Mundial na Tailândia em setembro.

Uma reunião do comitê daria ouvidos a conselhos de uma equipe de especialistas antes de decidir se Moradi deveria continuar suas tentativas de se qualificar para Tóquio, disse Bagheri.

Houve sugestões de jornalistas iranianos de que Moradi havia voltado a treinar cedo demais.

Em fevereiro, ele sofreu uma grave lesão na coluna e, depois de visitar um especialista na Alemanha, foi instruído a descansar por seis a nove meses e realizar exercícios de fisioterapia.

O ano passado foi um triunfo para Moradi, que quebrou o recorde mundial mais longo do esporte ao conquistar o título na categoria até 94 quilos no Campeonato Asiático.

Ele então estabeleceu novos recordes na categoria até 96kg ao conquistar o título mundial em Ashgabat, Turquemenistão.

Este ano foi de mal a pior para Moradi.

Ele sofreu as contusões e na semana passada perdeu o recorde mundial para o chinês Tian Tao.

No último final de semana, após o reitor da Federação Nacional, Ali Moradi - nenhum parente - ter sido reeleito, Sohrab Moradi disse aos repórteres que estava começando a se sentir mais forte e confiante em competir na Tailândia.

O Irã, que pode enviar dois homens para Tóquio, pode ter que recorrer a Kianoush Rostami.

Foto: Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes