João Menezes é vice nos EUA e atinge melhor ranking antes de embarcar para Lima; chave do Pan é divulgada


João Menezes conquistou neste domingo o vice-campeonato no Challenger 80 de Birmingham, nos EUA. Com o resultado, o tenista de 22 anos sobe 26 colocações e alcança seu melhor ranking da carreira, o 212º lugar. Ele segue para a capital peruana, onde disputará os Jogos Pan-Americanos. "Agora armar a correria para chegar em Lima", ele comentou em sua conta no Instagram. 

As chaves de tênis dos Jogos Pan-Americanos foram sorteadas neste domingo e os primeiros jogos já começam nesta segunda-feira, ainda sem a presença de brasileiros. Os finalistas no masculino e no feminino garantem vaga nos Jogos Olímpicos, contando que o país não classifique quatro jogadores através dos rankings.

O atleta de Uberaba-MG perdeu na final para o japonês Yuichi Sugita, ex-top36 do mundo, e atual 241º, por 7-6(2); 1-6; 6-2. Menezes fez uma semana ótima, vencendo quatro jogos sem perder sets e agora se prepara para seu segundo Pan da carreira.

A boa notícia para ele é que ele estreia direto na segunda rodada, contra o vencedor de Seanon Williams (BAR) e Franco Rocadelli (URU), ambos sem ranking na ATP. Cabeça 7 do torneio ele pode enfrentar o 12º pré-classificado Gonzalo Escobar (ECU, 313º no ranking) na terceira rodada. A má notícia do chaveamento é que o grande favorito Nicolás Jarry (CHI, 55º) nas quartas-de-final.

O outro brasileiro também não teve sorte no sorteio. Thiago Wild, que também atingiu o melhor ranking da carreira mesmo sem jogar na última semana (342º) 314º do mundo, estreia direto na segunda rodada contra o norte-americano Kevin King (348º), que derrotou o búlgaro Grigor Dimitrov (57º), ex-top3 do mundo nesta semana no torneio ATP de Atlanta.


Os dois juntam forças nas duplas masculinas e enfrentam já nas oitavas-de-final os guatemaltecas Wilfredo e Stefan Gonzalez. Designados cabeças 7, os possíveis adversários nas quartas são os duplistas locais os Sergio Galdós (241º) e Juan Pablo Varillas (309º).

Na chave feminina, as representantes do Brasil tem adversárias bem complicadas: Luisa Stefani, 472ª melhor do mundo enfrenta Giuliana Olmos (MEX, 355ª) na estreia. Quem vencer deve pegar a cabeça 8 Maria Osorio (COL, 333ª), na próxima rodada, antes de uma potencial quartas contra a principal favorita, Veronica Cepede-Royg (PAR, 147ª). Já Carolina Alves Meligeni (334ª) estreia contra Rebecca Marino (CAN, 171ª), ex-top40.

Na disputa de duplas feminina, Luisa e Carolina formam a dupla cabeça 4, enquanto Stefani se junta a João Menezes, que substitui o lesionado Marcelo Demoliner. Eles são os segundos principais favoritos. Ambas as duplas estreiam diretamente nas quartas de final.

Meligeni aprovou o clima encontrado em Lima. "As condições estão muito boas aqui. Gostei bastante das quadras, o piso está lentinho. Estamos prontos para estrear”, declarou. Já Wild destacou sua experiência na capital peruana para ter um bom desempenho: “Joguei aqui no ano passado, sei como é a velocidade da bola e como tenho que jogar. Estou sentindo bem a bola e acredito que temos condições de avançar bem na chave” afirmou.

Será a primeira oportunidade de Jaime Oncins, novo capitão do time brasileiro na Copa Davis, em trabalhar com o time brasileiro, especialmente Menezes e Wild que são considerados grandes promessas do esporte nacional. O primeiro compromisso de Oncins a frente da equipe masculina será entre 13 e 14 de setembro diante de Barbados em Criciúma-SC, por uma vaga no play-off mundial.

Foto: Reprodução Facebook / Eduardo Frick - COB  

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes