Escalador brasileiro é quinto melhor pan-americano e faz balanço positivo da etapa suíça da Copa do Mundo


Com o quinto lugar na modalidade Lead (Dificuldade) entre os atletas pan-americanos, o escalador paulista César Grosso encerrou com um balanço positivo, na sexta-feira (5), a sua participação na Copa do Mundo de Escalada Esportiva - categorias Dificuldade e Velocidade -, que reuniu mais de 450 participantes, de diferentes países, em Villars, na Suíça. 

Antes, na quinta-feira (4), César - melhor brasileiro no ranking mundial da Federação Internacional de Escalada Esportiva (IFSC), em 36º lugar, havia disputado a modalidade Speed (Velocidade), terminando em terceiro entre os pan-americanos, com a quebra de seu próprio recorde brasileiro. A nova marca é de 7seg14. A próxima etapa da Copa do Mundo será nos dias 11, 12 e 13 deste mês, em Chamonix, na França.

"Estou bem satisfeito com esta etapa da Copa do Mundo. Primeiro, a disputa em Speed, com a quebra do recorde brasileiro e a terceira colocação entre os atletas pan-americanos. Foi um tempo muito bom, até surpreendente, já que comecei a treinar Speed há apenas 14 meses e meu primeiro campeonato foi aqui mesmo, ano passado. Então fico muito contente com essa evolução. Depois, Lead, que é minha especialidade. Escalei bem as duas vias. Eu me senti bem nas duas, que eram de estilos diferentes, e terminei em quinto entre os pan-americanos. Agora é continuar trabalhando e focar na próxima", analisou César.

César comemorou os resultados obtidos em Villars como um ótimo passo, deixando para trás vários competidores pan-americanos - norte-americanos, argentinos, chilenos e equatorianos -, sempre pensando no grande objetivo que é o de buscar uma vaga nos Jogos de Tóquio 2020, em que a escalada fará a estreia como esporte olímpico. A classificação será definida em fevereiro de 2020, no Campeonato Pan-Americano Combinado, marcado para Los Angeles, nos Estados Unidos, onde esses atletas serão seus adversários no sonho de chegar ao Japão.

O chamado formato combinado, que será disputado em Tóquio, reúne as três categorias da escalada esportiva - Boulder (Explosão), Lead e Speed. Para garantir um lugar no Japão é preciso estar pronto para competir em todas elas. Assim, depois da etapa de Chamonix da Copa do Mundo, César começará a preparação para o Mundial Boulder, Lead e Speed, em Hachioji, no Japão, no mês de agosto. 

As três categorias da escalada
A escalada esportiva é praticada em paredes artificiais. No Boulder, categoria voltada para explosão, os atletas competem em paredes baixas, sem cordas, realizando movimentos fortes e explosivos. A escalada conta ainda com Lead (Dificuldade), disputada em paredes altas, com vias inéditas, de alta dificuldade, vencendo quem chegar mais alto, e com a Speed (Velocidade), em que dois escaladores enfrentam a mesma via, ganhando quem for mais rápido.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes