COB celebra 1 ano para Jogos de Tóquio com entrada de Chiaki Ishii no Hall da fama


No sábado (21) o COB promoveu uma experiência olímpica para a população de São Paulo, em comemoração ao marco de um ano para os Jogos Tóquio 2020. Houve parede de escalada, clínicas de karatê e skate, ativação de surfe e exposição de equipamentos das novas modalidades olímpicas. na Praça da Liberdade, em São Paulo, um dos bairros de maior concentração de descendentes de japoneses no mundo fora do Japão em um dos bairros de maior concentração de descendentes de japoneses no mundo fora do Japão.

Além das atividades, tivemos uma homenagem ao  ex-judoca Chiaki Ishii eternizou suas mãos em reconhecimento pelos serviços prestados. Ishii é dono da primeira medalha olímpica do judô brasileiro, o bronze em Munique 1972 na categoria meio-pesado. Outros medalhistas da modalidade como Aurélio Miguel, Leandro Guilheiro, Rafael 'Baby' Silva, Tiago Camilo, além de Rogério Sampaio, diretor-geral do COB, prestigiaram a homenagem.

"É uma honra receber esta homenagem. Agradeço ao COB e a CBJ, especialmente aos presidentes Paulo (Wanderley) e Silvio (Acácio Borges), que proporcionaram esse momento emocionante, um dos dias mais felizes da minha vida. Sempre tive o objetivo de disputar os Jogos Olímpicos. Perdi a seletiva em 1964 e decidi recomeçar do zero. Atravessei o oceano e imigrei para o Brasil. Precisei trabalhar na agricultura para sobreviver, mas sempre com a certeza que não perderia para ninguém no judô. Com apenas um judogui nas costas, treinei e lutei muito até conquistar a medalha de bronze olímpica" disse Chiaki Ishii.

As mãos de Ishii ficarão eternizadas no mural que será inaugurado no Parque Aquático Maria Lenk. Além dele, o Hall da Fama do COB já conta com outros homenageados como Torben Grael (vela), a dupla Sandra Pires e Jackie Silva (vôlei de praia), Vanderlei Cordeiro de Lima (atletismo) e Hortência Marcari (basquete). Ainda em 2019, o COB homenageará outros nove nomes no Hall da Fama: 'Magic' Paula (basquete), Joaquim Cruz (atletismo), Bernardinho e José Roberto Guimarães (vôlei); e os já falecidos Guilherme Paraense (tiro esportivo), João do Pulo (atletismo), Maria Lenk (natação) e Sylvio Magalhães Padilha (atletismo).

foto: COB/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes